POR UM PORTUGAL DIFERENTE

POR UM PORTUGAL DIFERENTE
ABRIL VIRÁ...!!!

EXPERIMENTE... VÁ ATÉ LÁ!

MUDAR...

Estrela - DestaquesNinguém pode ser escravo de sua identidade; quando surge uma possibilidade de mudança é preciso mudar. (Elliot Gould)

Frases e Mensagens -

NÃO HÁ ACORDO...!!!...

NÃO HÁ ACORDO...!!!...
... Português há só UM...!!!

TRADUÇÃO/TRANSLATE/TRADUCION

SEM IMITAÇÕES...

ACREDITE...

"Nunca faça graça de graça. Você é humorista, não político."

A Hora em Poá (BRASIL)

"Nada descreve melhor o caráter dos homens do que aquilo que eles acham ridículo."

VELHO PROVÉRBIO PORTUGUÊS

"Dois olhos vêem mais do que um só."
Veja Frases para Orkut - Kifrases.com

LOVE, love, LoVe

OvEr ThE RaInBoW

1lindoMENINO ...

Verdade, Verdadinha...!!!

zwani.com myspace graphic comments

1lindomenino

Menininhas e inhos venham a mim...

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "isto"... e MUITO MAIS...!!!

António GEDEÃO


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.GEDEÃO

SEJA ASSIM... COMO EU!

recadosparablogseorkut.com


Mais Um(a)...!!! OBRIGADO...!!!

sábado, 2 de janeiro de 2010

Psicóloga defende infidelidade masculina para ajudar casamento

Et maintenant: que vais je faire...?!...


Francesa defende em livro que homens sem casos extra-conjugais podem sofrer de «uma fraqueza de carácter»




A infidelidade masculina é boa para o casamento e deve ser praticada, garante uma das mais famosas psicólogas francesas, citada pela «BBC Brasil».

No livro «Les hommes, lamour, la fidélité («Os homens, o amor, a fidelidade»), que lançou recentemente, Maryse Vaillant refere que a maioria dos homens precisa do «seu próprio espaço» e que para eles «a infidelidade é quase inevitável».

De acordo com a autora, as mulheres podem viver uma experiência «libertadora» ao aceitarem que «os pactos de fidelidade não são naturais, mas culturais» e que a infidelidade é «essencial para o funcionamento psíquico» de muitos homens que não deixam por isso de amar as suas mulheres.

As declarações polémicas de Vaillant, divorciada há 20 anos, visam, segundo a própria, «resgatar a infidelidade», já que, assegura, «39 por cento dos homens franceses já foram infiéis às suas mulheres em algum momento da vida».

«A maioria dos homens não faz isso por não amar a sua mulher, eles simplesmente precisam de um espaço próprio», defende.

«Para estes homens, que são na verdade profundamente monogâmicos, a infidelidade é quase inevitável», sentencia.

A psicóloga vai mais longe ao afirmar que os homens que não têm casos extra-conjugais podem sofrer de «uma fraqueza de carácter».

«Eles são normalmente homens cujo pai era fisicamente ou moralmente ausente. Estes homens têm uma visão completamente idealizada da figura do pai e da função paternal. Não têm flexibilidade e são prisioneiros de uma imagem idealizada das funções do homem», conclui.



Agradecimento ao site: http://www.tvi24.iol.pt/




Nota de 1lindomenino: a psicóloga apresenta um estudo da sociedade Francesa e dos seus homens. Contudo, concordo com a maioria dos pensamentos que publicou no seu livro e, penso até, que ela tem uma dimensão do "problema" perfeitamente adequada à sociedade atual. C'est la vie... en rose...!!!



Um comentário:

  1. kkk Dessa eu tenho que rir. Homem que não trai é frouxo? Oh, piscóloga frustrada! kk... Não salvou o próprio casamento e quer destruir os dos outros. Qual homem quer um par de chifres? Eu tbm não quero. Mas se o homem tem necessidade de ter uma relação extra conjugal, as mulheres tem o mesmo direito. Contudo a traição nunca deixará de doer, e olha que é nos próprios homens q doi mais.
    Fidelidade não é questão de obrigação, mas de amor, pos quem ama respeita.
    Bjos na alma!

    ResponderExcluir

Deixe aquí o seu comentário