POR UM PORTUGAL DIFERENTE

POR UM PORTUGAL DIFERENTE
ABRIL VIRÁ...!!!

EXPERIMENTE... VÁ ATÉ LÁ!

MUDAR...

Estrela - DestaquesNinguém pode ser escravo de sua identidade; quando surge uma possibilidade de mudança é preciso mudar. (Elliot Gould)

Frases e Mensagens -

NÃO HÁ ACORDO...!!!...

NÃO HÁ ACORDO...!!!...
... Português há só UM...!!!

TRADUÇÃO/TRANSLATE/TRADUCION

SEM IMITAÇÕES...

ACREDITE...

"Nunca faça graça de graça. Você é humorista, não político."

A Hora em Poá (BRASIL)

"Nada descreve melhor o caráter dos homens do que aquilo que eles acham ridículo."

VELHO PROVÉRBIO PORTUGUÊS

"Dois olhos vêem mais do que um só."
Veja Frases para Orkut - Kifrases.com

LOVE, love, LoVe

OvEr ThE RaInBoW

1lindoMENINO ...

Verdade, Verdadinha...!!!

zwani.com myspace graphic comments

1lindomenino

Menininhas e inhos venham a mim...

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "isto"... e MUITO MAIS...!!!

António GEDEÃO


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.GEDEÃO

SEJA ASSIM... COMO EU!

recadosparablogseorkut.com


Mais Um(a)...!!! OBRIGADO...!!!

sábado, 29 de agosto de 2009

Umas palavrinhas pró Perfeito TOSHIO


Prefeito de Ourinhos é cassado


Extraído de: Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo - 20 de Agosto de 2009 O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo cassou hoje o prefeito de Ourinhos, Toshio Misato (PSDB), e de sua vice-prefeita, Belkis Gonçalves Santos Fernandes (PMDB), pela prática de condutas vedadas. A decisão, que reformou a sentença do juiz de primeiro grau, foi dada com o voto de desempate do presidente (3x2), des. Março César Müller Valente.

O prefeito veiculou no Diário Oficial do Município uma campanha, denominada ITPU dá prêmios, que prometia sorteio de brindes para quem pagasse o tributo em dia. No entendimento da Corte, a campanha, divulgada em período vedado, infringiu a Lei das Eleições (Lei 9.504/97, art. 73, VI, b).

Misato foi eleito com 38.631 votos (73,39%). Ourinhos fica na região sudoeste do Estado.

Cabe recurso ao TSE.

Assessoria de Comunicação Social



Fonte: http://www.jusbrasil.com.br/


Prefeito Toshio Misato,

O senhor sabe –como eu sei- que tem andado nos últimos tempos na “boca do povo”. Hoje diz-se uma coisa, amanhã uma outra mas, na verdade, sempre aparecem uns “ditos e mexericos” acerca dos Processos em que o senhor Prefeito está/estará envolvido.
A última é resultado da sentença do Tribunal Regional de São Paulo e que dá como cassado o seu mandato bem como o da sua vice Belkis.
Ninguém ainda sabe “concretamente” o que irá acontecer num futuro próximo. Mas o “diz-se, diz-se”, circula de boca para boca, e se “agiganta” a cada dia.
E, sinceramente, na minha modesta opinião, a Prefeitura e os visados (Prefeito e Vice) não “ganham” muito ou quase NADA com essa “guerrilha institucional”.
Não sei o que o senhor pensa fazer nem o senhor me “encomendou” nenhuma “tomada de posição” sobre o assunto. De qualquer forma e, não estando “comprometido” com NENHUMA força política de Ourinhos nem com qualquer político, gostaria humildemante de lhe pedir para RESIGNAR ao seu mandato e LUTAR – se o senhor acredita que a RAZÃO lhe assiste – nos Tribunais, sem continuar a “envolver” a Prefeitura e a cidade neste processo.
O tempo e a justiça dirão aos Ourinhenses quem estava CERTO e ERRADO nesta decisão mas, por favor, não prossiga muito mais na posição "incómoda" de PREFEITO CASSADO.
Ourinhos, certamente, não merecerá esta “distinção”.

Por Ourinhos, uma Cidade de Coração de Ouro,


A. Rui
(1lindomenino)

Um ASSUNTO que "atormenta" o Brasil, no momento: Professora dança, "Todo enfiado", e perde emprego

Uma professora de educação infantil e alfabetização de uma escola particular de Salvador foi demitida depois de aparecer em vídeos postados no site "You Tube", dançando o pagode "Todo Enfiado", da banda O Troco. Nas imagens, feitas em junho, a professora de 28 anos é vista fazendo a coreografia erótica da música, no palco, ao lado da banda. Em determinado momento, o vocalista do grupo e autor da canção, Mario Brasil, levanta o vestido dela e puxa a calcinha para cima, movimento que faz parte da coreografia.



Nota de 1lindomenino: a matéria (do "Todo Enfiado", entenda-se...) ela, a "professorinha", SABE-A TODIINHAAA... !!! De qualquer forma, é importante que não se percam "outros assuntos" bem mais IMPORTANTES e que "afligem" o PAÍS... e, também eles, "TODOS ENFIADOS"... !!! E de que JEITO... rsrs

O que ELES querem


O Maisde50 reúne um grupo de homens que garantem, para surpresa das próprias mulheres, que querem sim, companheiras da mesma faixa etária





Paulo César Palmeira tem 60 anos, é viuvo e mora no Rio de Janeiro. Danilo Oliveira tem 51 anos, é divorciado e também é carioca. Marcos Aurélio Pereira tem 54 anos, é viúvo e mora em Belo Horizonte. O que esses três homens têm em comum? Fazem parte de uma turma que nega o velho clichê de que depois dos 50, os homens só querem saber de meninas de 20, no máximo de mulheres de 30. Eles garantem, para surpresa das próprias mulheres, que querem sim, companheiras da mesma faixa etária. E não ficam no discurso.

Viúvo desde os 51 anos, o advogado Paulo César procurava uma companheira. Em um canal de relacionamentos da internet, buscava perfis de mulheres da mesma faixa etária. A preferência é, segundo, ele, uma questão de estar bem-resolvido. "Alguns homens preferem mulheres mais novas, pois desejam se auto afirmar, mas que na verdade eles têm medo das dificuldades que possam vir a existir com uma mulher da mesma idade. Alguns têm medo de que as desilusões de relações anteriores possam atrapalhar no relacionamento atual", afirma. "Mas esse não é o meu caso", esclarece ele, que considera muito mais fácil administrar uma relação com uma parceira da mesma idade, pois os interesses e os gostos são mais parecidos do que com os de uma mulher mais jovem.

Com Danilo Oliveira a história foi diferente. Quando se divorciou, aos 47anos e com dois filhos, esperava encontrar alguém com senso de humor com quem pudesse dividir momentos de prazer. Não demorou muito para surgir Karla Faria, 50 anos, em sua vida. Os dois namoram há um ano e meio e fazem planos de morar juntos. Karla também tem dois filhos, e ele vê nisso uma grande vantagem. "Além do fato de ela já estar acostumada e preparada para lidar com adolescentes, nossos filhos têm a mesma faixa etária e se relacionam muito bem", conta.

Já Marcos Aurélio, o mineiro da turma, já teve várias namoradas desde que a esposa faleceu, há sete anos, sempre da mesma faixa etária. Ele conta que, o que o atrai em mulheres de sua idade é o mesmo que o que o atraia quando era mais novo: inteligência, simpatia e beleza. "Mulher é mulher! Não muda com a idade", afirma. Como ainda não encontrou a pessoa certa para uma relação mais firme, continua à procura, principalmente por bares e restaurantes. "Em Belo Horizonte tem muito barzinho. Sempre cheios de mulheres bonitas e interessantes". Segundo ele, o que leva alguns homens a buscar mulheres mais novas é pura necessidade de se afirmar entre os amigos e levantar a auto-estima.

O argumento pode ser ampliado, mas, as razões passam por aí. A psicanalista Thaís Oliveira, membro da Sociedade de Psicanálise Iracy Doyle, no Rio de Janeiro , explica que alguns homens procuram compensar com uma mulher mais nova etapas da vida que não viveram, ou desejam apenas esquecer e solucionar os problemas com envelhecimento, convivendo com pessoas mais jovens. Com o tempo, muitos se dão conta do antigo desejo de terem uma mulher só para eles, e percebem que uma companheira de idade próxima da sua é a que pode realizá-lo nesse sentido.

As vantagens vão além. Com filhos criados e casados, algumas vezes já aposentadas, a convivência com essas mulheres é descoberta como sendo mais satisfatória do que com as de 20 ou 30 anos. "Mulheres mais maduras sabem poupar-se de experiências fadadas ao fracasso. Na maioria das vezes, já viveram suas paixões e agora buscam uma relação sólida e amorosa, o que não subentende tédio e falta de emoção", acrescenta a psicanalista.

Outro fator que se observa com homens mais velhos, muitas vezes por fatores psicológicos, é que precisam de corpos em que a perda do viço da juventude ainda não tenha se acentuado para que possam sentir-se sexualmente excitados. "Querem um falso espelho que reflita o que eles já começaram a perder", explica Thaís.

A mulher entre 50 e 60 anos, mesmo estando atraente e sensual, é muitas vezes considerada velha. Porém, isso não se passa de mais um estigma criado pela sociedade. "É preciso ignorar o preconceito, e seguir o próprio desejo, tendo a certeza de que cada um sabe o que é melhor para si mesmo", complementa.


Por Raphaela Guimarães

Recebido via e-mail do Site: http://maisde50.uol.com.br/

Gordos e Gordas: O Bicho de Estimação Ideal

Da Associação Internacional dos Gordos e Gordas - AI-GG, GGG, XG, XXGG, etc.: Escolhido o novo mascote ou animal de estimação: A Girafa criada a base de Mac Donalds e Lazanha.


Nota de 1lindomenino: lembrem-se do "bichinho" quando entrarem num McDonnald's ou forem convidados (certamente de "boa fé"...) para uma "lazanhazinha"... rsrs

PEDRO E SEU MACHADO


Pedro, um lenhador, após um grande trabalho em uma área de desmatamento, se viu desempregado. Após tanto tempo cortando árvores, entrou no corte!

A madeireira precisou reduzir custos...

Saiu, então, à procura de nova oportunidade de trabalho. Seu tipo físico, porém, muito franzino, fugia completamente do biótipo de um lenhador.

Além disso, o machado que carregava era desproporcional ao seu tamanho.

Aqueles que conheciam Pedro, entretanto, julgavam-no um ótimo profissional.

Em suas andanças, Pedro chegou a uma área reflorestada que estava começando a ser desmatada. Apresentou-se ao capataz da madeireira como um lenhador experiente.

E ele o era! O capataz, após um breve olhar ao tipo miúdo do Pedro e, com aquele semblante de selecionador implacável, foi dizendo que precisava de pessoas capazes de derrubar grandes árvores, e não de "catadores de gravetos".

Pedro, necessitando do emprego, insistiu. Pediu que lhe fosse dada uma oportunidade para demonstrar sua capacidade. Afinal, ele era um profissional experiente!

Com relutância, o capataz resolveu levar Pedro à área de desmatamento.

E só fez isso pensando que Pedro fosse servir de chacota aos demais lenhadores. Afinal, ele era um fracote...

Sob os olhares dos demais lenhadores, Pedro se postou frente a uma árvore de grande porte e, com o grito de "madeira", deu uma machadada tão violenta que a árvore caiu logo no primeiro golpe.

Todos ficaram atônitos! Como era possível tão grande habilidade e que força descomunal era essa, que conseguira derrubar aquela grande árvore numa só machadada?

Logicamente, Pedro foi admitido na madeireira.

Seu trabalho era elogiado por todos, principalmente pelo patrão, que via em Pedro uma fonte adicional de receita.

O tempo foi passando e, gradativamente, Pedro foi reduzindo a quantidade de árvores que derrubava. O fato era incompreensível, uma vez que Pedro estava se esforçando cada vez mais. Um dia, Pedro se nivelou aos demais.

Dias depois, encontrava-se entre os lenhadores que menos produziam...

O capataz que, apesar da sua rudeza, era um homem vivido, chamou Pedro e o questionou sobre o que estava ocorrendo. "Não sei", respondeu Pedro, "nunca me esforcei tanto e, apesar disso, minha produção está decaindo".

O capataz pediu, então, que Pedro lhe mostrasse o seu machado.

Quando o recebeu, notando que ele estava cheio de "dentes" e sem o "fio de corte", perguntou ao Pedro: "Por que você não afiou o machado?".

Pedro, surpreso, respondeu que estava trabalhando muito e por isso não tinha tido tempo de afiar a sua ferramenta de trabalho. O capataz ordenou que Pedro ficasse no acampamento e amolasse seu machado. Só depois disso ele poderia voltar ao trabalho. Pedro fez o que lhe foi mandado.

Quando retornou à floresta, percebeu que tinha voltado à forma antiga:

conseguia derrubar as árvores com uma só machadada.

A lição que Pedro recebeu cai como uma luva sobre muitos de nós - preocupados em executar nosso trabalho ou, pior ainda, julgando que já sabemos tudo o que é preciso, deixamos de "amolar o nosso machado", ou seja, deixamos de atualizar nossos conhecimentos. Sem saber por que, vamos perdendo posições em nossas empresas ou nos deixando superar pelos outros.

Em outras palavras, perdemos a nossa potencialidade.

Muitos avaliam a experiência que possuem pelos anos em que se dedicam àquilo que fazem. Se isso fosse verdade, aquele funcionário que aprendeu, em 15 minutos, a carimbar os documentos que lhe chegam às mãos, depois de 10 anos na mesma atividade poderia dizer que tem 10 anos de experiência. Na realidade, tem 15 minutos de experiência repetida durante muitos anos.

A experiência não é a repetição monótona do mesmo trabalho, e sim a busca incessante de novas soluções, tendo coragem de correr riscos que possam surgir.

É "perder tempo" para afiar o nosso machado.



Autor Desconhecido


Recebido via e-mail do Site: www.portaldiabetes.com.br

♪ Smile - Charlie Chaplin

Music: Smile
Artist: Michael Jackson
Software: Windows Movie Maker

Lyrics:

Smile though your heart is aching
Smile even though its breaking
When there are clouds in the sky, you'll get by
If you smile with your fear and sorrow
Smile and maybe tomorrow
You'll find that life is still worthwhile

If you just
Light up your face with gladness
Hide every trace of sadness
Although a tear may be ever so near
That's the time you must keep on trying
Smile, what's the use of crying?
You'll find that life is still worthwhile

If you just
Smile though your heart is aching
Smile even though its breaking
When there are clouds in the sky, you'll get by
If you smile through your fear and sorrow
Smile and maybe tomorrow
You'll find that life is still worthwhile
If you just smile

that's the time you must keep on trying
Smile, what's the use of crying?
You'll find that life is still worthwhile
If you just smile



"A day without a laugh is a wasted day." - Charles Chaplin

(As per VÍDEO informations)

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Frango congelado (PIADA... "geladinha"...rsrs)

Lovely chicken undressed...

Dois amigos se encontram no boteco.

-E aí rapaz... que olho roxo e que cara inchada é essa?

-Minha mulher... ontem ela estava uma delícia. Minissaia curtíssima...

-E daí...

-Bem, abaixou para pegar o frango no congelador e eu não resisti... Agarrei-a por trás... Hum...

-Aí comecei a agarrá-la e apertar cada vez mais...

-Quanto mais eu apertava, mais ela queria escapar...

-Vai... vai... conta...

-Abaixei a calcinha dela... e quando ia .............,

ela me deu......

com o frango congelado na cara. Olha o estrago !!!

-Putz, que mulher doida !!!! Ela não gosta de fazer sexo com você ?

-No Carrefour, não!!





Meu Obrigado ao Site: http://boaspiadas.blogspot.com/


Cada vez mais forte

Quanto mais você faz uma coisa, melhor fica nisso. Quanto mais você levanta pesos, mais fortes ficam seus músculos. Quanto mais você reclama, melhor fica em reclamar. Quanto mais você aprende, melhor fica em aprender. Quanto mais você inventa desculpas, melhor fica em se desculpar. Quanto mais coisas você realiza, mais realizações consegue.

Quais são seus talentos ? Quais você gostaria que fossem ? Hábitos negativos podem ser muito fortes, porque foram praticados por tanto tempo. Em comparação, qualquer nova ação positiva vai parecer fraca no começo. Cultive-a e ela ficará mais forte. Decida no que você quer ser forte, faça e continue repetindo.

É impossivel transformar-se num campeão de musculação com apenas um treino. Você precisa de tempo e repetição para desenvolver-se. Comece hoje mesmo a fortalecer-se nas áreas que melhor lhe servirão.



Recebido via e-mail do Site: www.diabetenet.com.br



quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Deixe a raiva secar


Mariana ficou toda feliz porque ganhou de presente um joguinho de chá, todo azulzinho, com bolinhas amarelas. No dia seguinte, Julia sua amiguinha, veio bem cedo convidá-la para brincar.

Mariana não podia porque ia sair com sua mãe naquela manhã. Julia, então, pediu a coleguinha que lhe emprestasse o seu conjuntinho de chá para que ela pudesse brincar sozinha na garagem do prédio.

Mariana não queria emprestar, mas, com a insistência da amiga, resolveu ceder, fazendo questão de demonstrar todo o seu ciúme pôr aquele brinquedo tão especial.

Ao regressar do passeio, Mariana ficou chocada ao ver o seu conjuntinho de chá jogado no chão. Faltavam algumas xícaras e a bandejinha estava toda quebrada.

Chorando e muito nervosa, Mariana desabafou: Está vendo, mamãe, o que a Julia fez comigo?

Emprestei o meu brinquedo, ela estragou tudo e ainda deixou jogado no chão. Totalmente descontrolada, Mariana queria, porque queria, ir ao apartamento de Julia pedir explicações. Mas a mamãe, com muito carinho, ponderou:

- Filhinha, lembra daquele dia quando você saiu com seu vestido novo todo branquinho e um carro, passando, jogou lama em sua roupa?

Ao chegar a sua casa você queria lavar imediatamente aquela sujeira, mas a vovó não deixou.

Você lembra do que a vovó falou? Ela falou que era para deixar o barro secar primeiro. Depois ficava mais fácil limpar. Pois é, minha filha! Com a raiva e a mesma coisa.

Deixa a raiva secar primeiro. Depois fica bem mais fácil resolver tudo. Mariana não entendeu muito bem, mas resolveu ir para a sala ver televisão.

Logo depois alguém tocou a campainha. Era Julia, toda sem graça, com um embrulho na mão. Sem que houvesse tempo para qualquer pergunta, ela foi falando:

- Mariana, sabe aquele menino mau da outra rua que fica correndo atrás da gente?

Ele veio querendo brincar comigo e eu não deixei. Ai ele ficou bravo e estragou o brinquedo que você havia me emprestado.

Quando eu contei para a mamãe ela ficou preocupada e foi correndo comprar outro brinquedo igualzinho para você. Espero que você não fique com raiva de mim.

Não foi minha culpa.

Não tem problema, disse Mariana, minha raiva ja secou. E, tomando a sua coleguinha pela mão, levou-a para o quarto para contar historia do vestido novo que havia sujado de barro.




Recebido via e-mail do Site: www.portaldiabetes.com.br

Nem tudo é fácil - Cecilia Meireles

Poema de cecilia meireles com fotos para ilustração. Trabalho do 3° ano B do EM da escola Fundação Bradesco - Itajubá-MG

(Vidé Vídeo)

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Dois Baixinhos na Balada (PIADA... Kelaru...!!!)


Dois irmãos eram anões. Num sábado a noite resolvem ir pra farrear e vão para um bordel. Depois de tomar umas e outras, eles pegam umas meninas e vão para os quartos. Mesmo estando animado, um dos anões não consegue ter uma ereção e fica ainda mais desapontado quando ouve o seu irmão no quarto ao lado:

-Um, dois, três e... já! Um, dois, três e... já! Um, dois, três e... já!

Acabada a hora do programa, os anões se encontram para irem embora e o que broxou comenta:

-Pô! Foi uma merda! Por mais que eu tentasse, não consegui. A coisa não subia! Não tive ereção.

-Ereção? - responde o outro, puto, - e eu que nem consegui subir na cama
?!



Agradecimento ao Site: http://boaspiadas.blogspot.com/


Pensando em sua felicidade....


As vezes penso em felicidade, e ate penso que sou feliz totalmente. Mas na maioria das vezes, em minha realidade, fico tentando imaginar o que realmente significa esta sensação, o quanto ela dura, e porque tão rápido ela se transforma em outros sentimentos.
Sentimentos que até podem parecer ruins, mas que nada mais são, que projeções de nossos desejos distorcidas, seja por outras pessoas ou por nos mesmos.
Será então que a solução está em abdicar de nossos desejos reais, ou simplesmente de nos adaptarmos a nova realidade imposta pelas pessoas em que supostamente projetamos nossa felicidade?
Adaptação, projeção, seja de uma forma ou de outra, nossa felicidade só dependerá de nossos sonhos, e de nosso real desejo de realiza-los!

Aprendemos que, por pior que seja um problema ou situação, sempre existe uma saída. Aprendemos que é bobagem fugir das dificuldades.
Mais cedo ou mais tarde, será preciso tirar as pedras do caminho para conseguir avançar.
Aprendemos que perdemos tempo nos preocupando com fatos que muitas vezes só existem na nossa mente.
Aprendemos que é necessário um dia de chuva para darmos valor ao Sol, mas se ficarmos expostos muito tempo, o Sol queima.
Aprendemos que heróis não são aqueles que realizam obras notáveis, mas os que fizeram o que foi necessário e assumiram as conseqüências dos seus atos.
Aprendemos que, não importa em quantos pedaços nosso coração está partido, o mundo não pára para que nós o consertemos.
Aprendemos que, ao invés de ficar esperando alguém nos trazer flores, é melhor plantar um jardim.
Aprendemos que amar não significa transferir aos outros a responsabilidade de nos fazer felizes. Cabe a nós a tarefa de apostar nos nossos talentos e realizar os nossos sonhos.
Aprendemos que o que faz diferença não é o que temos na vida, mas QUEM nós temos. E que boa família são os amigos que escolhemos.
Aprendemos que as pessoas mais queridas podem às vezes nos ferir. E talvez não nos amem tanto quanto nós gostaríamos, o que não significa que não amem muito, talvez seja o máximo que conseguem. Isso é o mais importante.
Aprendemos que toda mudança inicia um ciclo de construção, se você não esquecer de deixar a porta aberta.
Aprendemos que o tempo é precioso e não volta atrás. Por isso, não vale a pena resgatar o passado. O que vale a pena é construir o futuro. O nosso futuro ainda está por vir.
Então aprendemos que devemos descruzar os braços e vencer o medo de partir em busca dos nossos sonhos.




Recebido via e-mail do Site: www.portaldiabetes.com

terça-feira, 25 de agosto de 2009

PÉROLAS DO ENEM 2008 (Atenção: NÃO É PIADA...!!! Ou será...?!)


'O sero mano tem uma missão...'

'O Euninho já provocou secas e enchentes calamitosas..'

'O problema ainda é maior se tratando da camada Diozanio!'

'Enquanto isso os Zoutros... tudo baixo nive...'

'A situação tende a piorar: o madereiros da Amazônia destroem a Mata Atlântica da região.'

'O que é de interesse coletivo de todos nem sempre interessa a ninguém individualmente.'

'Não preserve apenas o meio ambiente e sim todo ele.'

'O grande problema do Rio Amazonas é a pesca dos peixes'

'É um problema de muita gravidez.'

'A AIDS é transmitida pelo mosquito AIDES EGIPSIO.' (Sem comentário)

'Já está muito de difíciu de achar os pandas na Amazônia'

'A natureza brasileira tem 500 anos e já esta quase se acabando'(Foi trazida nas caravelas, certo ?)

'O cerumano no mesmo tempo que constrói, também destroi, pois nos temos que nos unir para realizarmos parcerias juntos.'

'Na verdade, nem todo desmatamento é tão ruim. Por exemplo, o do Aeds Egipte seria um bom beneficácio para o Brasil'

'Vamos mostrar que somos semelhantemente iguais uns aos outros'

'... menos desmatamentos, mais florestas arborizadas.'

'... provocando assim a desolamento de grandes expecies raras.'

'Nesta terra ensi plantando tudo dá.'

'Isso tudo é devido ao raios ultra-violentos que recebemos todo dia.'

'Tudo isso colaborou com a estinção do micro-leão dourado.'

'Imaginem a bandeira do Brasil. O azul representa o céu , o verderepresenta as matas, e o amarelo o ouro. O ouro já foi roubado e asmatas estão quase se indo. No dia em que roubarem nosso céu, ficaremos sem bandeira..'

'Ultimamente não se fala em outro assunto anonser sobre os ararasazuls que ficam sob voando as matas.'

'... são formados pelas bacias esferográficas.'

'Eu concordo em gênero e número igual.'

'Precisa-se começar uma reciclagem mental dos humanos, fazer uma verdadeira lavagem celebral em relação ao desmatamento, poluição e depredação de si próprio.'

'O serigueiro tira borracha das árvores, mas não nunca derrubam as seringas.

'A concentização é um fato esperansoso para todo território mundial..'

'Vamos deixar de sermos egoistas e pensarmos um pouco mais em nos mesmos.'



Professora Sacana (... e a PIADA, também...)


A professora metida à esperta, faz uma pergunta a um dos alunos:
- Zezinho você sabe qual é o animal que é muito pesado, tem um tromba enorme e na ponta da tromba tem um palito de dente?
Responde Zezinho:
- Que tem um palito de dente na ponta da tromba... não professora, o que é?
Professora:
- É o elefante! O palito de dente no final da tromba é só pra dificultar.
Professora pergunta para Mariazinha:
- Quem sabe qual é o animal que é peludo faz miau e tem uma caneta no nariz?
Mariazinha:
- Que tem uma caneta no nariz, não sei professora.
Professora:
- É o gato! A caneta no nariz é só para dificultar.
De repente a professora ouve uma voz no fundo da sala:
- professora...
- Sim Joãozinho.
- Já que a senhora é tão esperta, me responde essa: O que é uma coisa comprida que é vermelha na ponta que tem duas bolas em baixo e que as mulheres adoram por na boca?
A professora espantada diz:
- Joãozinho já pra fora...
- Não me leve a mal, professora... é o batom!! As bolas em baixo são só pra dificultar...


Agradecimentos ao Site: http://boaspiadas.blogspot.com/

A janela e o espelho


Um jovem muito rico foi ter com uma conversa com seu mestre rabi, e lhe pediu um conselho para orientar sua vida.

Este o conduziu até a janela e perguntou-lhe:

- O que vê através dos vidros?

- Vejo homens que vão e vêm, e um cego pedindo esmolas na rua.

Então o rabi mostrou-lhe um grande espelho e novamente o interrogou:

- Olha neste espelho e diz-me agora o que vê.

- Vejo-me a mim mesmo.

- E já não vê os outros! Repara que a janela e o espelho são ambos feitos da mesma matéria prima, o vidro; mas no espelho, porque há uma fina camada de prata colada ao vidro, não vê nele mais do que a tua pessoa. Deves comparar-te a estas duas espécies de vidro.

Pessoas de fé, de boa índole, enxergam os outros e têm compaixão por eles.

Coberto de prata - o egoísta, hipócrita, pobre de espírito -vê apenas a ti mesmo.

Só vales alguma coisa, quando tiveres coragem de arrancar o revestimento de prata que tapa os olhos, para poderes de novo ver e amar aos outros.


Autor: Desconhecido




"A verdadeira riqueza do homem é o bem que ele faz aos seus semelhantes."

Mahatma Gandhi


Recebido via e-mail do Site: www.portaldiabetes.com.br

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Património de Portugal no Mundo

A influência portuguesa no mundo não se limita à língua, mas também a outros factores culturais...

Nota de 1lindomenino: este É o País chamado de PORTUGAL... !!!

VAMOS "APOSTAR" mais nele... ?!...

As Desvantagens das Nossas Paixões


Quanto mais um homem se emaranha numa paixão, tanto mais os acontecimentos, em si indiferentes, se traduzem para ele em dor, enganando justamente, pela sua indiferença, a avidez tensa em que esse homem se encontra. Um ambicioso sofrerá porque uma pessoa célebre não lhe reconheceu importância; essa mesma pessoa célebre tentará insuflar escrúpulos de tentação a algum evangélico de quem procurará a conversação; escrúpulos que, por sua vez, irritarão um individualista, que será atingido por eles, malgrado seu. A inveja, ambição ruminada, está na base de todas as angústias que sofremos. Não toleramos que uma coisa aconteça indiferentemente, por acaso, escapando à nossa chancela.

Qualquer género de fervor acarreta consigo a tendência para sentir uma lei preestabelecida na vida, uma lei que castiga os que abusam ou descuram esse mesmo fervor. Um estado de paixão - mesmo que fosse a embriaguez da absoluta autodeterminação - organiza e anima de tal forma o Universo que toda a desgraça, parece, depois, provocada por uma ruptura do equilíbrio vital dessa paixão difusa, que, assim, se defende como um corpo vivo. E, segundo o temperamento de cada um, teremos a sensação de que abusámos, ou de que fomos inferiores; de qualquer forma, sentir-nos-emos organicamente punidos pela própria lei da paixão e do Universo.
O que quer dizer que todo o fervor acarreta consigo a convicção supersticiosa de ter de prestar contas à própria lógica das coisas. Mesmo o fervor de um ateu pela transcendência de uma lei
.


Cesare Pavese, in "O Ofício de Viver"


Agradecimento ao Site: http://www.citador.pt/

O Bebê Playboy (PIADA, embora...!!!)


Na ala de recém-nascidos do berçário, o menininho tá de olho numa gatinha ao lado:

-Oi, você tá sempre por aqui?

-Não, só quando eu nasço!

-Eu também! – e fala: -Eu sou um menino!

-Como é que você sabe isso?

-Quando a enfermeira sair e estivermos sozinhos, eu te mostro.

Logo que a enfermeira sai:

-Pronto, ela já saiu - diz a menina. - Agora me mostra, vai! Como é que você descobriu que é um menino!

O garotinho levanta o cobertor e fala:

-Olha aqui embaixo.

-Tô vendo, o que é que tem?

-Tá vendo meu sapatinho? É azul!




Agradecendo ao Site: http://boaspiadas.blogspot.com/

Eco da Vida


Um pequeno garoto e seu Pai caminhavam pelas montanhas.

De repente o garoto cai, se machuca e grita :

- Aai !!!

Para sua surpresa escuta a voz se repetir, em algum lugar da montanha :

- Aai !!!

Curioso, pergunta : - Quem é você ?

Recebe como resposta : - Quem é você ?

Contrariado, grita : - Seu covarde !!!

Escuta como resposta : - Seu covarde !!!

Olha para o pai e pergunta aflito : - O que é isso ?

O Pai sorri e fala : - Meu filho, preste atenção !!!

Então o pai grita em direção a montanha : - Eu admiro você !

A voz responde : - Eu admiro você !

De novo o homem grita : - Você é um campeão !

A voz responde : - Você é um campeão !

O garoto fica espantado sem entender nada.

Então o pai explica :

As pessoas chamam isso de ECO, mas na verdade isso é a VIDA.

Ela lhe dá de volta tudo o que você diz ou faz.

Nossa vida é simplesmente o reflexo das nossas ações.

Se você quer mais amor no mundo, crie mais amor no seu coração.

Se você quer mais responsabilidade da sua equipe, desenvolva a sua responsabilidade.

Se você quer mais tolerância das pessoas, seja mais tolerante.

Se você quer mais alegria no mundo, seja mais alegre.

Tanto no plano pessoal quanto no profissional, a vida vai lhe dar de volta o que você deu a ela.


SUA VIDA NÃO É UMA COINCIDÊNCIA;

SUA VIDA É A CONSEQÜÊNCIA DE VOCÊ MESMO !!!



Recebido via e-mail do Site: www.portaldiabetes.com.br


domingo, 23 de agosto de 2009

PORTUGA de "lés a lés" e de Norte a Sul, de Este a Oeste...




















































Nota de 1lindomenino: "escolha" feita pelo ++lindorui e de acordo com algumas das suas preferências

Lya Luft : Ônus


A esperança me chama,
e eu salto a bordo
como se fosse a primeira viagem.
Se não conheço os mapas,
escolho o imprevisto:
qualquer sinal é um bom presságio.

Seja como for, eu vou,
pois quase sempre acredito:
ando de olhos fechados
feito criança brincando de cega.
Mais de uma vez saio ferida
ou quase afogada,
mas não desisto.

A dor eventual é o preço da vida:
passagem, seguro e pedágio.


Agradecimento ao Site: http://www.luso-poemas.net/

Sexo no divã - Os homens querem conversar. Saiba do que eles se queixam


Lugar de sexo também é no divã, pregam os terapeutas sexuais, cada vez mais procurados por casais que buscam um bom entendimento embaixo dos lençois. Além de resolver as questões da cama, a terapia ajuda os parceiros a se conhecer melhor e conquistar mais intimidade. E, embora questões sexuais atinjam pessoas de todas as faixas etárias, os homens de meia idade são os que mais buscam a terapia, e levam suas companheiras.

A constatação é da psicóloga Martha Dias Murano, do Centro de Estudo e Pesquisa de Atendimento ao Idoso, em São Paulo. Segundo ela, quando o homem se depara com as primeiras mudanças decorrentes do envelhecimento, como uma ereção não tão rígida, já se assusta com a possibilidade de ser uma disfunção erétil e busca imediatamente ajuda.

Problemas de ereção e ejaculação precoce são os que levam boa parte dos homens ao divã. E, claro, suas parceiras. Elas, por sua vez, buscam a terapia para resolver questões como anorgasmia e dispareunia (dor durante a relação sexual), afirma Martha. De acordo com a psicóloga, na maioria das vezes as queixas sexuais oriundam de questões psicológicas, tabus e repressões na infância, além de problemas na própria relação.

"Muitos casais que convivem há bastante tempo acabam criando um abismo entre eles, em vez de aumentar a intimidade. Isso gera muitos conflitos que desembocam no sexo", destaca a especialista.

Intimidade é quase palavra de ordem, segundo Martha. O melhor caminho para a resolução de muitas questões sexuais. No consultório, ela estimula a conversa e o diálogo, para que sejam expostos os sentimentos e as insatisfações. Na maioria dos casos, as sessões ocorrem uma vez por semana. E os parceiros podem fazer juntos ou separados. Dependendo das questões levantadas, o tratamento pode durar de seis meses a dois anos.



Por Andrea Guedes

Recebido via e-mail do Site: http://maisde50.uol.com.br/

A bezerrinha e o advogado

Um fazendeiro vai ao escritório de um advogado. Lá ele pergunta ao doutor:
-Dr., lá na minha propriedade, eu tenho uma vaca que foi cruzada com o touro que é de um vizinho. Agora nasceu uma bezerrinha. Eu quero saber se a bezerra é minha ou do meu vizinho?
-A bezerra é sua!
O cara vai para casa feliz da vida com a resposta.
Pouco tempo depois, chega ao escritório o vizinho do primeiro fazendeiro e a história é a mesma:
-Dr.,eu tenho um touro e o meu vizinho tem uma vaca. Ele foram cruzados e nasceu uma bezerra. De quem ela é? Minha ou do meu vizinho?
-É claro que ela é sua!

Quando toca a mamar, mama mais quem tem um "mamar" mais doce...!!!
E esse também vai embora, todo contente.
O assistente do advogado, que observou toda a história fica curioso e pergunta:
-Mas afinal, Doutor, de quem é a bezerra?
-De quem é não importa, mas vai ser minha!


Agradecimento ao Site: http://boaspiadas.blogspot.com/

O tolo


Conta-se que, há muito tempo, numa pequena cidade do interior, um grupo de pessoas se divertia com o idiota da aldeia. Um pobre coitado, de pouca inteligência, que vivia de pequenos biscates e esmolas.

Diariamente eles chamavam o bobo ao bar onde se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas: uma grande, de quatrocentos réis, e outra menor, de dois mil réis.

Ele sempre escolhia a maior e menos valiosa, o que era motivo de risos para todos. Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda não havia percebido que a moeda maior valia menos.

- Eu sei - respondeu o não tão tolo assim - ela vale cinco vezes menos, mas no dia que eu escolher a outra, a brincadeira acaba e não vou mais ganhar minha moeda.


Há várias conclusões para essa pequena narrativa. A primeira: quem parece idiota, nem sempre é. Dito em forma de pergunta: quais eram os verdadeiros tolos da história?

Outra conclusão: se você for extremamente ganancioso, acabará por estragar sua fonte de renda. Mas a conclusão mais interessante é a percepção de que podemos estar bem mesmo quando os outros não têm uma boa opinião a nosso respeito. Portanto, o que importa não é o que pensam de nós, mas o que realmente somos!




Recebido via e-mail do Site: www.portaldiabetes.com.br