POR UM PORTUGAL DIFERENTE

POR UM PORTUGAL DIFERENTE
ABRIL VIRÁ...!!!

EXPERIMENTE... VÁ ATÉ LÁ!

MUDAR...

Estrela - DestaquesNinguém pode ser escravo de sua identidade; quando surge uma possibilidade de mudança é preciso mudar. (Elliot Gould)

Frases e Mensagens -

NÃO HÁ ACORDO...!!!...

NÃO HÁ ACORDO...!!!...
... Português há só UM...!!!

TRADUÇÃO/TRANSLATE/TRADUCION

SEM IMITAÇÕES...

ACREDITE...

"Nunca faça graça de graça. Você é humorista, não político."

A Hora em Poá (BRASIL)

"Nada descreve melhor o caráter dos homens do que aquilo que eles acham ridículo."

VELHO PROVÉRBIO PORTUGUÊS

"Dois olhos vêem mais do que um só."
Veja Frases para Orkut - Kifrases.com

LOVE, love, LoVe

OvEr ThE RaInBoW

1lindoMENINO ...

Verdade, Verdadinha...!!!

zwani.com myspace graphic comments

1lindomenino

Menininhas e inhos venham a mim...

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "isto"... e MUITO MAIS...!!!

António GEDEÃO


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.GEDEÃO

SEJA ASSIM... COMO EU!

recadosparablogseorkut.com


Mais Um(a)...!!! OBRIGADO...!!!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

"Choses de la VIE"...

Ai, meu Deus que eu num consigo...


"Qual é a principal diferença entre frustração e desespero?

Frustração é quando você pela primeira vez não consegue dar a segunda...
Desespero é quando você pela segunda vez não consegue dar a primeira..."


Ray Charles - I Can´t Stop Loving You

O Gênio Ray Charles numa belíssima performance de I Can´t Stop Loving You, ao vivo no tradicional Dick Cavett Show, da TV americana, em 1973.

Frango "despido" de preconceitos tipo "DiCesar"
Um homem entrou num restaurante e pediu " frango assado ".
Um pouco depois de o terem servido, o homem chamou novamente o empregado e pediu-lhe:
- Por favor não se importa de mandar passar melhor o frango?
- Porquê? Está mal passado? - perguntou o empregado.
- Mal passado??? Então você não vê que me está a comer a salada toda?



Recebido via e-mail do site: http://www.petiscos.com/



Alexandre O'Neill - Há palavras que nos beijam


Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto,
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas, inesperadas
Como a poesia ou o amor.

(O nome
de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído,
No papel abandonado)

Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.



Meu Obrigado ao site: Site: http://www.astormentas.com/

Decisões


Nossa vida se desenrola numa série de encruzilhadas, diante das quais precisamos fazer opções. Aí é que aparece este impulso de autodeterminação pessoal chamado liberdade. Nele pode estar toda a nossa grandeza se acertarmos, ou a nossa miséria, se errarmos.

Seus fracassos e decepções estão todos no passado. Eles nada têm a ver com o que você deseja conquistar a partir de hoje.

Só o homem que chegou ao ponto mais alto da árvore da vida é capaz de decidir...

Você começa cada dia como uma folha em branco. Cada momento é uma oportunidade de começar a transformar seus sonhos em realidade.

O que já passou não importa mais. Sim, o passado trouxe você até aqui. Mas agora, seu caminho se divide em infinitas direções, e você pode escolher qual delas deve seguir.

Aprenda com o passado e deixe-o para trás. Desejar que tivesse sido diferente é perda de tempo e energia.

Continuar convivendo com as limitações do passado é desperdiçar o enorme potencial da sua vida. Seu passado não define quem você é ou o que você pode conquistar. E quem decide isso é você.

"É mais fácil atirar pedras do que se defender delas."



Recebido via e-mail do site: www.diabetenet.com.br


quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

José Mário Branco - Eu vim de Longe

José Mário Branco no Programa Vozes de Abril da RTP, realizado no Coliseu de Lisboa em 2008, no âmbito das comemorações do 25 de Abril.

Nota de 1lindomenino: escutem a letra da canção e... MEDITEM... !!!

De Coração e Raça


"Sou português de coração e raça
Não há talvez maior fortuna e graça"


Sou português de coração e raça
meio século comido pela traça
fechados numa caixa
e agora ou vai ou racha
e agora ou vai ou racha

Agora vamos é ser
donos do nosso trabalhar
em vez de andar para alugar
com escritos na camisa
e o dinheiro que desliza
do salário para a despesa
compro cama vendo mesa
deito contas à pobreza

Sou português de coração e raça
meio século comido pela traça
fechados numa caixa
e agora ou vai ou racha
e agora ou vai ou racha

Agora vamos é ser
donos do nosso produzir
em vez de ter que partir
com escritos numa mala
e a idade que resvala
do nascimento para a morte
vou para o leste perco o norte
e o meu corpo é passaporte

Sou português de coração e raça
meio século comido pela traça
fechados numa caixa
e agora ou vai ou racha
e agora ou vai ou racha


Sérgio Godinho
Canções de Sérgio Godinho
Assírio e Alvim


Agradecimento ao site: http://www.portugal-linha.pt/




Nota de 1lindomenino: engraçado que eu e, certamente, muitos de vós, não JULGÁVAMOS possível voltar a achar este canção do Sérgio Godinho... ACTUAL...!!!

Mas, infelizmente, é...!!! De novo...!!!

Tou sim? E para mim!!!

Nota de 1lindomenino: este foi, quer se queira quer não, o anúncio televisivo (... a não só...) com MAIOR IMPACTO junto dos Portugueses. A novidade do Telemóvel (celular aquí por estas bandas...) e a ingenuidade do pastor na montanha (quem nunca conheceu "alguém" assim...?!) fizeram dele um SUCESSO IMPARÁVEL. Verdade ou não...?!

Por outro lado, este anúncio é precioso para chamar a atenção daqueles que julgam que NÓS, os Portugueses, SOMOS ASSIM... não é verdade, Brasil...?!

Nada como uma boa bundinha de argentino


Três argentinos e um brasileiro fumando um baseado no topo de um edifício:
1º argentino: - Eu tenho muito dinheiro... Vou comprar o Citibank!
2º argentino: - Eu sou muito rico... Comprarei a General Motors!
3º argentino: - Eu sou um magnata... Vou comprar a Microsoft!
Os três argentinos ficam esperando o que o brasileiro vai falar. O brasileiro dá mais uma tragada... faz uma pausa... e diz:
- NÃO VENDO!!!




Agradecimento ao site: http://www.aindamelhor.com/





Cobra fuma dois cigarros por dia



O réptil chega a roubar os cigarros ao seu dono




Um morador em Taiwan tem uma cobra como animal de estimação. Como se não bastasse ser dono de um réptil, a sua menina é viciada em tabaco e fuma, pelo menos, dois cigarros por dia. A notícia é avançada pelo jornal brasileiro «Globo».
Todos os dias, de manhã e à noite, Sho Lau dá um cigarro à sua cobra, com três anos de idade. Se não o fizer, o animal fica irritado, pela falta de nicotina e, ainda por cima, rouba-lhe os cigarros do maço. Sho Lau conta aos jornalistas que a cobra ficou viciada porque cresceu num ambiente de fumo. E, agora, também vive numa casa de fumadores.
Em tom de brincadeira conta: «Um dia deixei cair uma beata no chão, ainda acesa, e ela foi logo buscá-la».


Agradecimento ao site; http://www.tvi24.iol.pt/

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

MARIA JOÃO & MÁRIO LAGINHA Ive Grown Accustomed to His Face

Nota de 1lindomenino: a excelente voz de Maria João e o piano de Mário Laginha... COISA BOA...!!!

Poetisa setubalense reconhecida no Brasil


Alexandrina Pereira homenageada com troféu de mérito cultural


A Academia de Letras “Marcus Vinicius de Moraes”, em Poços de Caldas, no Estado brasileiro de Minas Gerais, galardoou a poetisa setubalense Alexandrina Pereira com um troféu de mérito cultural, pela sua colaboração como correspondente. Este prémio foi recebido com “surpresa”, após oito anos de intercâmbio.


Há precisamente oito anos, na qualidade de directora da revista literária “O mensageiro da Poesia”, sedeada no Seixal, Alexandrina Pereira travou conhecimento com Vinicius de Moraes, também poeta e presidente da Academia de Letras, em Poços de Caldas, no Brasil. O escritor brasileiro tornou-se colaborador da revista e nesse seguimento veio ao Seixal, em 2004, apresentar um livro de sua autoria.

“O nosso contacto tornou-se mais estreito”, revela a homenageada, que deu início a uma “correspondência que se manteve e que foi fortificando os nossos laços a nível cultural e de amizade”, ao enviar “quase tudo o que se publicava na região de Setúbal”, indica.

A visita da poetisa à cidade brasileira concretizou-se no passado dia 19 de Janeiro, data em que acabou por ser homenageada pela Academia de Letras com um diploma de correspondente, uma medalha e o troféu de Mérito Cultural “Dr. Pedro Sanches de Lemos”. “Sabia que havia algo preparado para mim, mas não com tanto reconhecimento”, revelou a escritora setubalense. “Para mim é muito gratificante e significa que os dois países estão mais próximos”, além disso, diz ter ficado “sensibilizada” pelo facto de a terem tornado um membro da academia, porque “não são muitos e fui a primeira estrangeira!”, refere.

Da cidade revela que tem o dobro da população setubalense, mas que é “pacata e carinhosa”, tendo-a comparado a Caldas da Rainha, dado que também tem termas naturais.

Feliz com o reconhecimento, Alexandrina Pereira manifesta que, durante a sua intervenção, na cerimónia de homenagem, fez alusão à cidade sadina e à sua baía, “uma das mais belas do mundo”. No entanto, lamentou não ter encontrado um livro actual com fotos das belezas naturais de Setúbal que pudesse levar para mostrar, com orgulho, a sua cidade. “Setúbal deve preparar-se com alguns livros que mostrem as belezas da cidade”, sugeriu a artista que também representou a vila de Palmela, onde vive há trinta anos. A poetisa brindou também o país-irmão com a medalha comemorativa de Sebastião da Gama e livros da Associação Sebastião da Gama.

Durante a vinda de Vinicius de Moraes, a setubalense fez o seu papel de anfitriã, tendo-o guiado do Seixal até Setúbal. “Era impensável passar por cá e não visitar a Arrábida”, sublinha, revelando que “ainda hoje ele fala da Arrábida”.

O intercâmbio promete continuar, sendo que está programada uma nova vinda, daqui a três anos, “senão do presidente, de alguns membros da Academia de Letras”, o que, para Alexandrina Pereira “é sempre uma forma de os pôr em contacto com os nossos escritores”.



Vera Gomes


Agradecimento ao site: http://www.osetubalense.pt/

Uma troca "inocente"... (PIADA)


Um vendedor toca a campainha numa casa. É Joãozinho que atende:

- Bom dia! Posso falar com seu pai?

- Acho que não - responde Joãozinho - ele está tomando banho.

- Então posso falar com sua mãe?

- Ela também está tomando banho.

O sujeito insiste:

- Bom, eu vou esperar. Não vai demorar muito...

- Como quiser - responde Joãozinho - só que acho que vai demorar algumas horas.

- É? Por que?

- Porque meu pai pediu o tubo de vaselina e eu lhe dei o Super Bonder!



Agradecimento ao site: http://www.aindamelhor.com/

Multa de adultério: têm de pagar quatro búfalos e um porco!

Ele, no final, disse: nem "valia" um porco quanto mais os 4 búfalos


Casal de amantes foi apanhado pela esposa do homem



Um tribunal da Malásia condenou um casal a pagar quatro búfalos e um porco às comunidades onde vivem por terem cometido adultério, refere a BBC.
A queixa foi da esposa do acusado, que apanhou o marido em cuecas com outra mulher. O tribunal rejeitou o argumento dos amantes de que eram apenas «melhores amigos».


Para além dos quatro búfalos e do porco, que estão avaliados em cerca de 6.500 ringgits (cerca de 1400 euros), terão de pagar uma multa de mil ringgits (cerca de 200 euros).



Agradecimento ao site: http://www.tvi24.iol.pt/


Nota de 1lindomenino: há cada injustiça no mundo. Então o facto do pobre homem estar em cuecão já implica que esteja em ACTIVIDADE SEXUAL...?! Ele até podia estar a mostrar a ela a marca ou que a mulher não lhe lavava bem "as ditas"...!!! Quem sabe...?!...

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

The 5th Dimension - Aquarius/Let the Sunshine In

The 5th Dimension - Aquarius/Let the Sunshine In
Marilyn McCoo
Florence LaRue
Billy Davis Jr.
Lamonte McLemore
Ron Townson

Lyrics : Aquarius/Let the Sunshine In

When the moon is in the Seventh House
And Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars
This is the dawning of the age of Aquarius
Age of Aquarius
Aquarius!
Aquarius!

Harmony and understanding
Sympathy and trust abounding
No more falsehoods or derisions
Golden living dreams of visions
Mystic crystal revelation
And the mind's true liberation
Aquarius!
Aquarius!

When the moon is in the Seventh House
And Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars
This is the dawning of the age of Aquarius
Age of Aquarius
Aquarius!
Aquarius!
Aquarius!
Aquarius!

[instrumental and tempo shift]

Let the sunshine, let the sunshine in, the sunshine in
Let the sunshine, let the sunshine in, the sunshine in
Let the sunshine, let the sunshine in, the sunshine in

[continue to end with concurrent scat]

Oh, let it shine, c'mon
Now everybody just sing along
Let the sun shine in
Open up your heart and let it shine on in
When you are lonely, let it shine on
Got to open up your heart and let it shine on in
And when you feel like you've been mistreated
And your friends turn away
Just open your heart, and shine it on in.

(vidé Vídeo)

Mark Twain


Mark Twain, pseudônimo de Samuel Longhorne Clemens, (30 de Novembro de 1835, Flórida, Missouri, EUA - 21 de Abril de 1910, Redding, Connecticut, EUA); Escritor e humorista norte-americano.




Um banqueiro é um homem que te empresta o chapéu de chuva quando faz sol e que to tira quando começa a chover.

Mark Twain

Mi linda terra (PIADA, certo FIDEL...?!...)

Um grupo de cubanos abandona a ilha rumo a Miami. No meio da viagem um dos cubanos, o mais velho, sofre um ataque cardíaco e pede como último desejo uma bandeira para se despedir da sua querida Cuba.
Os outros começam a procurar em bolsas, sacolas e em todos os lugares onde pudesse estar guardada uma bandeira de Cuba.
Depois de um tempo, deram-se conta de que não havia nenhuma bandeira de Cuba no barco. No entanto, uma jovem de vinte anos, vendo o sofrimento do velho, disse que tinha tatuado na bunda a bandeira de Cuba e ofereceu-se para ajudar. A mulher virou-se de costas para o moribundo, baixou as calças e mostrou a bunda com a bandeira tatuada.
O velho agarrou a moça com força e beijou a bandeira, emocionado, enquanto gritava:
- Mi querida Cuba, me despido con recuerdos, mi vieja Havana, mi linda terra!
O velho continuou com beijos e mais beijos na bandeira. Depois de um tempo ele disse à mulher:
- Agora vira de frente que eu quero-me despedir de Fidel!



Obrigado ao site: http://www.petiscos.com/

Tenha Tempo pra Tudo


Reserve tempo para rir: é esta a música da alma.
Reserve tempo para ler: é esta a base da sabedoria.
Reserve tempo para pensar: é esta a fonte do poder.
Reserve tempo para trabalhar: é este o preço do êxito.
Reserve tempo para se divertir: é este o segredo da juventude eterna.
Reserve tempo para ser amigo: é este o caminho da felicidade.
Reserve tempo para sonhar: é este o meio de ligar a uma estrela o carro em que viaja na Terra.
Reserve tempo para amar e ser amado: é este o privilégio dos deuses.
Reserve tempo para ser útil aos outros: esta vida é demasiada curta para que sejamos egoístas.




Recebido via e-mail do site: www.diabenet.com.br



segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Produtividade de turco.


O rapaz pretendia namorar a filha de um turco e foi pedir consentimento ao pai.

No meio da conversa, o velho diz:
-Acho que não vai dar certo, porque nós, turcos, temos uma visão diferente da vida. Nos tentamos ser muito produtivos. Para lhe demonstrar que não é nenhum tipo de preconceito, vou lhe dar esta maçã e amanhã conversamos novamente.

No dia seguinte, ele voltou à casa do turco, que lhe perguntou:
-O você que fez com a maçã?
-Fiquei com fome e comi.
-Está vendo? Acho que sua produtividade foi baixa. Não é assim que age um turco. Um turco tiraria a casca da maçã, a colocaria para secar e faria um chá. Dividiria a maçã em quantos pedaços fossem os membros de sua família e daria um pedaço para cada um. Depois, pegaria as sementes venderia algumas e plantaria outras, pois assim teria algum lucro e ainda frutos.

O rapaz ficou bem encabulado e pensativo. O turco, então, falou:
-Para provar minha boa vontade, vou lhe dar mais uma chance. Leve esta lingüiça e volte amanhã.

O cara saiu de lá espumando de raiva e pensando o que iria fazer para aproveitar bem aquela lingüiça.

No dia seguinte, ele voltou à casa, já esperando a mesma pergunta:
-Muito bem, rapaz, o que você fez com a lingüiça?
-Bom, primeiro, tirei o cordão que amarrava os gomos e fiz um cadarço para meu tênis. Depois, tirei o plástico que protege e o guardei. Dividi em vários pedaços e dei um para cada membro da minha família. Depois, com o plástico que eu tinha guardado, fiz uma camisinha, que eu e sua filha usamos juntos. O que o senhor achou da produtividade hoje? Eu só estou torcendo para não dar frutos no futuro...





Agradecimento ao site: http://boaspiadas.blogspot.com/

Jill Scott & George Benson- "Summertime"

Nota de 1lindomenino: uma das melhores interpretações que assisti da canção SUMMERTIME. Lindo "de mais"...!!!

Mentiras consensuais

Existem pessoas felizes e pessoas infelizes, e todas elas se questionam. Umas bebem champanhe e outras água da torneira, e se fazem as mesmas indagações. Se existe uma coisa que nos unifica são as dúvidas que trazemos dentro. São pequenas angústias que se manifestam silenciosamente, angústias que não gritam, ou gritam somatizadas em úlceras, insônias e depressões. Angústias diante das mentiras consensuais.


O que são mentiras consensuais? São aquelas que todo mundo topou passar adiante como se fosse verdade. Aquelas que ouvimos de nossos pais, eles de nossos avós, e que automaticamente passamos para nossos filhos, colaborando assim para o bom andamento do mundo, para uma sanidade comum. O amor, o sentimento mais nobre e vulcânico que há, tornou-se a maior vítima deste consenso.

Mentiras consensuais: o amor não acaba, não se pode amar duas pessoas ao mesmo tempo, quem ama quer filhos, quem ama não sente desejo por outro, amor de uma noite só não é amor, o amor requer vida partilhada, amor entre pessoas do mesmo sexo é antinatural.

Tudo mentira. O amor, como todo sentimento, é livre. É arredio a frases feitas, debocha das regras que tentam lhe impor. Esta meia dúzia de coordenadas instituídas como verdades fazem com que muitas pessoas achem que estejam amando errado, quando estão simplesmente amando. Amando pessoas mais jovens ou mais velhas ou do mesmo sexo ou amando pouco ou amando com exagero, amando um homem casado ou uma mulher bandida ou platonicamente, amando e ganhando, todos eles, a alcunha de insanos, como se pudéssemos controlar o sentimento. O amor é dono dele mesmo, somos apenas seu hospedeiro.

Há outros consensos geradores de angústia: o mito da maternidade, a necessidade de um Deus, a juventude eterna. Sobem e descem de ônibus milhares de passageiros que parecem iguais entre si, porém há entre eles os que não gostam de crianças, os que nunca rezaram, os que estão muito satisfeitos com suas rugas e gorduras, os que não gostam de festas e viagens, os que odeiam futebol, os que viverão até os cem anos fumando, os que conversam telepaticamente com extraterrestres, os ermitões, enfim, os desajustados de um mundo que só oferece um molde.

Todos nós, que estamos quites com as verdades concordadas, guardamos, lá no fundo, algo que nos perturba, que nos convida para o exílio, que revela nossa porção despatriada. É a parte de nós que aceita a existência das mentiras consensuais, entende que é melhor viver de acordo com o estabelecido, mas que, no íntimo, não consegue dizer amém.


Martha Medeiros

Recebido via e-mail do site: www.portaldiabetes.com.br

domingo, 31 de janeiro de 2010

No "COFRINHO"... rsrs

Engraçadas

Vovó: vai ao oftalmo, vai...!!!



Fator sorte - O peso do destino na trajetória de cada um



Questões tão polêmicas quanto o sexo dos anjos, a sorte e o destino estão em pauta. Gurus de auto-ajuda vêem seus livros desaparecerem rapidamente das livrarias ao ressaltar que não existe destino e a sorte não é um dom com o qual se nasce, mas algo construído e ampliado. Suas teorias confirmam a visão moderna de que as oportunidades são criadas por quem sabe lidar com sua intuição. Na contramão dessa visão pragmática, uma corrente de psicólogos e filósofos mostra que acreditar em destino, sem que este exclua a liberdade de escolha, pode ajudar a construir significados, aceitar as excentricidades da vida e dar importância aos próprios desejos.

Para boa parte dos psicólogos atuais, a distância entre a sorte e o azar está no esforço que cada um desprende. Depois de entrevistar 400 pessoas, o professor de psicologia Richard Wiseman, da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, e autor do sucesso "The Luck Factor" (O Fator Sorte), conclui que sorte ou azar são imprevisíveis e, se nada está escrito, as chances de sucesso em qualquer empreitada é diretamente proporcional ao número de apostas que se faz.

"Os que se dizem azarados são os que preferem não investir nas oportunidades", concorda o psicólogo Aloysio DAbreu, que usa como exemplo a piada do pão-duro que todas as noites pede a Deus para ganhar na loteria "até que um dia, Deus atende aos chamados e responde: se quer ganhar, pelo menos se dê o trabalho de comprar o bilhete". Por outro lado, nem sempre basta o empenho. O que explica, por exemplo, o desejo de alguns de ser artistas, palhaços de circo, viver longe do caos e outros perseguirem exatamente o oposto? O psicólogo junguiano, James Hillman, dos Estados Unidos, insiste que "cada qual tem um dom e ambições particulares". Para ele, a noção de sina é muito importante, pois permite que certas excentricidades sejam tidas como sorte.

A filósofa e professora da USP Olgária Mattos lembra da importância da noção de destino na Grécia Antiga. Nas peças gregas, o Oráculo, figura que revelava o futuro dos heróis, simbolizava uma forma de mostrar a singularidade do personagem. "No caso da tragédia grega, o herói, como o Édipo, é aquele que não pode fugir da própria história, mesmo que trágica", explica Olgária.

Para Aloysio DAbreu acreditar na predestinação é uma tentativa do homem de controlar o inexplicável. Nas peças, tudo era ordenado com começo, meio e fim. O destino determinava a continuidade das histórias. Na vida real, ninguém pode predizer a sorte do outro, pois tudo o que é vivo está em transformação interior e sofre influência do acaso. Olgária Mattos lembra de Aristóteles. "Ele dizia que não se pode falar que alguém é feliz, mas que foi feliz. Só a morte confirma o destino de alguém", diz.


Por Simone Muniz


Recebido via e-mail do site: http://www.maisde50.com.br/

JORGE PALMA -Estrela do mar




Nota de 1lindomenino: um dos grandes nomes da música Portuguesa. Jorge Palma possui, a meu ver, TODOS os ingredientes que fazem dele e da sua música nostálgica e emocional, um músico diferente no panorama nacional.


Bravo, Jorge...!!!

"Espectáculo de Homenagem a ARY DOS SANTOS - POETA DE CANÇÕES"

Espectáculo Musical interactivo da Vida e Obra de Ary dos Santos, com projecção de imagens. 4 Artistas fazem uma passagem pelo autor desde a música ligeira ao fado, desde o início ao fim da sua vida. Este é um Espectáculo Cultural que pretende recordar e ensinar, mas acima de tudo, viver ao Vivo as emoções dos poemas cantados com os quais Ary dos Santos se deu a conhecer.

(vidé Vídeo)

A Cantada do Ano (PIADA, tenho lá idade pra ISSO...rsrs)


Um jovem executivo, cerca de 30 anos, de ótima aparência e bem vestido, senta-se na poltrona de seu vôo com destino a Paris e, surpreso, percebe que na poltrona exatamente a seu lado há uma morena lindíssima.

A mulher tem belas pernas, cruzadas e envoltas por uma saia curta deixando entrever coxas bronzeadas, seios no tamanho exato, posicionados de forma perfeita, lábios carnudos, mas sem volume demasiado, simplificando, uma verdadeira escultura, uma divindade.

Depois da decolagem completa, o avião está em céu de brigadeiro e o rapaz sente uma vontade enorme de puxar conversa, mas a morena, indiferente, está atenta lendo a um livro grosso. 10 minutos se passam até que ele não consegue mais conter o ímpeto e pergunta:

-É a primeira vez que vai a Paris?

Gentilmente, com uma voz muito sensual, mas bem discreta, ela responde:

-Não, viajo com freqüência....

Ele, agora animado:

-Por um acaso, é estilista ou modelo?

-Não, sou cientista e viajo em função de minhas pesquisas...

-Desculpe-me a curiosidade, qual a sua especialidade em ciência, literatura?

-Não, sou pesquisadora em sexologia.

-Interessante, é a primeira pessoa que conheço e trabalha nesta função. Suas pesquisas, na sexologia, dedicam-se a quê, especificamente?

Ela, sem se alterar e sempre com a mesma voz aveludada:

-Atualmente, estou pesquisando as diferenças características físicas e funcionais do membro masculino entre os vários povos e raças. É algo que tem me custado muito trabalho.

-Nessas suas pesquisas, já chegou a algumas conclusões?

-Sim, várias. Bem, de todos os povos pesquisados, concluí que os Índios, sem dúvida, são os portadores de membros com as dimensões mais avantajadas. Por outro lado, os Árabes são os que permanecem mais tempo no coito, antes de entrarem em gozo. Desta forma, proporcionam mais prazer às suas parceiras. Além disso,... -Oh! Desculpe-me senhor! Eu já estou falando sem parar há um bom tempo e nem nos apresentamos. Qual o seu nome?

-Salim Pataxó, ao seu inteiro dispor!...



Agradecimento ao site: http://boaspiadas.blogspot.com/

Depois do Fim de Semana


A partir de agora você retoma seu projeto de vida, que sofreu uma pausa para o seu merecido descanso. Você já viajou no sono, momento em que você refez as energias, enquanto o espírito viajou em experiências inconscientes, que vão servir de inspiração para este dia.

Lembre-se que o mais importante da vida não acontece de segunda a sexta e nem só aos sábados, domingos e feriados. Lembre-se que a felicidade não escolhe datas.

O seu grande momento não escolherá hora, nem dia, nem lugar. Será onde você estiver. O que importa é estar preparado para o grande momento e não perder a sua perspectiva de que o momento presente pode estar sendo o seu "grande momento".

Mas não há nada como a força de uma nova manhã para encher o seu coração de esperança...

Lembre-se do ponto onde você parou na caminhada em busca dos seus sonhos. Reveja seus objetivos, reavalie sua estratégia e esteja sempre no comando.

Este será mais um dia decisivo na sua história. Tenha coragem para enfrentar o frio dos corações incrédulos sem perder o rumo; determinação, paciência e sabedoria para ultrapassar os obstáculos; tolerância para suportar quem você tiver de carregar. E fé, para não perder a esperança.



Recebido via e-mail do site: www.diabetenet.com.br