POR UM PORTUGAL DIFERENTE

POR UM PORTUGAL DIFERENTE
ABRIL VIRÁ...!!!

EXPERIMENTE... VÁ ATÉ LÁ!

MUDAR...

Estrela - DestaquesNinguém pode ser escravo de sua identidade; quando surge uma possibilidade de mudança é preciso mudar. (Elliot Gould)

Frases e Mensagens -

NÃO HÁ ACORDO...!!!...

NÃO HÁ ACORDO...!!!...
... Português há só UM...!!!

TRADUÇÃO/TRANSLATE/TRADUCION

SEM IMITAÇÕES...

ACREDITE...

"Nunca faça graça de graça. Você é humorista, não político."

A Hora em Poá (BRASIL)

"Nada descreve melhor o caráter dos homens do que aquilo que eles acham ridículo."

VELHO PROVÉRBIO PORTUGUÊS

"Dois olhos vêem mais do que um só."
Veja Frases para Orkut - Kifrases.com

LOVE, love, LoVe

OvEr ThE RaInBoW

1lindoMENINO ...

Verdade, Verdadinha...!!!

zwani.com myspace graphic comments

1lindomenino

Menininhas e inhos venham a mim...

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "isto"... e MUITO MAIS...!!!

António GEDEÃO


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.GEDEÃO

SEJA ASSIM... COMO EU!

recadosparablogseorkut.com


Mais Um(a)...!!! OBRIGADO...!!!

sábado, 10 de outubro de 2009

Desviando a Atenção (é uma PIADA, hein...!!!)



O sujeito vai ao médico desesperado:
- Doutor, tenho um sério problema de ejaculação precoce.
- Não se preocupe, eu tenho um ótimo método para curar isto. O senhor tem alguma arma?
- Tenho um revólver 38... Mas por que a pergunta?
- Eu tenho uma tática que sempre dá certo: Quando estiver fazendo amor com sua esposa e sentir que vai ejacular, o senhor dá dois tiros pra cima. Assim a cabeça desanuvia um pouco e o senhor não ejacula tão precocemente!
O sujeito acha um pouco estranho, mas agradece e resolve tentar, afinal tudo é válido para satisfazer sexualmente a sua esposa.
Um mês depois ele volta ao consultório e o doutor o recepciona:
- E então, a terapia deu certo? - pergunta o doutor.
- Que nada. Foi um desastre!
- Como? O que aconteceu?
- Uma noite eu cheguei em casa e a minha mulher estava cheia de fogo, pelada na cama.
Nós começamos fazendo um 69. Quando eu senti que ia gozar, fiz como o senhor mandou, peguei o revólver e dei dois tiros pra cima.
- E então? - pergunta o médico, curioso.
- Aí minha mulher tomou um susto, mordeu meu pinto, peidou na cara e pra completar saiu de dentro do armário um cara gritando:
- Não me mate! Não me mate!





Agradecimento ao Site: http://boaspiadas.blogspot.com/






Quadrilha

Noite enterrada



João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou pra tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história.



Carlos Drummond de Andrade



Agradecimento (Foto incluída) ao Site: http://www.astormentas.com/





Motivos porque cães atacam os próprios donos.



Um título alternativo para esta foto poderia ser: "Meu dono é um idiota".
Agradecimento ao Site: http://boaspiadas.blogspot.com/

O momento certo


Se você espera a hora certa de agir, o momento em que todas as condições sejam ideais, quando suas chances de sucesso estejam garantidas, esse momento nunca chegará. As circunstâncias nunca são perfeitas. Sempre haverá inúmeras razões para não agir.

Ainda assim, se algo deve ser feito, terá de ser sob circunstâncias menos que perfeitas. Quando você aceita o fato de que nunca haverá um momento perfeito, então todos os momentos são perfeitos.

As circunstâncias, quaisquer que elas sejam, funcionarão em seu favor se você trabalhar sem se importar com elas.

As condições desfavoráveis, do jeito que estão, podem ser superadas. O momento atual não é perfeito, mas é o que temos para trabalhar. Ou você o usa, ou o perde para sempre.

Agora não é o momento perfeito, mas é o momento certo para começar a lutar pelos seus ideais. Faça isso agora ou arrependa-se depois.


Autor Anônimo


Recebido via e-mail do Site: www.diabetenet.com.br



Simon & Garfunkel Sound Of Silence Legendado

Nota de 1lindomenino: como o TEMPO é feito de belas músicas e de recordações... não é, Amiga(o)s... ?!...

Wallace Collection - Day Dream

Nota de 1lindomenino: DAYDREAM... um dia "a gente" sempre SONHA... !!!

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Virei saco da pancada


A hora de impor limites


Como lidar com uma pessoa que tem muita raiva e, de repente, por quase nada despeja tudo em mim?
GOE

Resposta de Ana Fraiman*

Você está tocando numa questão que é muito mais comum do que se pensa: raiva incontida. Trata-se de uma atitude impulsiva, abusiva, que precisa ser tratada e modificada, tanto a sua, como a dessa pessoa que você menciona, porque acaba sendo muito danosa do ponto de vista emocional e, por isso mesmo, gera medo, afastamento e muita frustração. Não importam a idade, grau de parentesco ou sexo. Importa que a raiva é um sentimento bom e protetor, mas que não deve ser indiscriminadamente dirigido nem surgir a troco de nada ou ter sempre a mesma pessoa por alvo preferencial.

Sentimos uma raiva justa e digna sempre que somos maltratados ou presenciamos alguém maltratar alguém, fazer mal a alguém, gritar ou bater em alguém menor ou indefeso, estragar alguma coisa ou machucar um animal. A esse tipo de raiva justa chamamos 'indignação'. Ela nos faz tomar atitudes construtivas e recolocar as coisas em seu devido lugar.

No caso que você menciona, porém, naõ se trata disso. Trata-se de alguém que está descompensado e usando outro alguém (no caso você) como 'saco de pancada' ou 'lata de lixo'.

Em primeiro lugar, a pessoa que está sendo vitimada por esse tipo de agressão gratuita deve decidir se quer continuar se prestando ou não a ser usada para esses fins. O fim desse pesadelo começa com essa decisão.

O medo de dar início a uma nova dinâmica nesse relacionamento precisa desaparecer. Se houver medo de mudar, não vai funcionar. O medo de um alimenta a agressividade e a covardia do outro e vice-versa. Uma vez que a decisão de mudar essa dinâmica tenha sido tomada, o próximo passo é: afastar-se da pessoa que está atacando. Começou o ataque? Saia de perto. Não importa a hora nem o lugar. Largue a pessoa falando sozinha. Estão em público? Saia de perto. É de noite? Saia de perto e vá para a casa de um vizinho.

Tem vergonha de fazer isso? É porque o medo de mudar ainda não passou. Reforce a decisão inicial de vencer o medo. Se preciso, primeiro faça você a sua terapia. Existe TCC individual e TCC para casais e para famílias. E o que é uma TCC? O manejo da raiva destrutiva passa pela necessidade de fazer uma TCC - terapia comportamental-cognitiva, que trabalha na percepção e na reestruturação dos modos de pensar, de perceber o mundo, de como as coisas acontecem, a relação entre os eventos, o que é e o que não é passível de modificar na gente, o que se pode e o que não se deve negociar, enfim, a TCC leva a pessoa a criar condutas outras que lhe permita expressar suas raivas positivas e não, simplesmente, a 'despejá-las' inadequadamente, sem se dar conta de seus efeitos danosos sobre as pessoas com as quais convive, o que acaba por gerar um verdadeiro efeito boomerang: é fácil justificar ter agido mal com alguém, só porque esse alguém agiu mal com a gente antes!

Tem gente que tem raiva incontida por puro hábito. Mal hábito, por sinal. Porque não foi educada para se conter. Feito criança mimada. Mas tem gente que sofre de distúrbios afetivos. Seria interessante conversar mais longamente com um médico, sabe? Buscar um bom psiquiatra, fazer uma boa anamnese (traçar um histórico de vida) dele e sua, porque você também pode ter o mal hábito de se prestar ao papel de vítima. Daí se juntam 'a fome com a vontade de comer'. Então, os dois precisam se corrigir. Não que você não esteja sendo de fato vitimada, mas é preciso estudar com carinho se você não estará gerando um campo fértil e propício para que essa pessoa cometa esses ataques a muito tempo, por não ter reagido antes, por não ter colocado breques, por não ter-se posicionado melhor, por nutrir algum medo em relação a essa pessoa, até chegar no que chegou.

E é preciso, também, observar melhor e levar essa pessoa ao médico (tudo a seu devido tempo) para saber se há ou não outros fatores agravantes associados: abuso de álcool, consumo de drogas, as duas coisas juntas, um distúrbio metabólico, enfim, há sérias questões de ordem médica que podem piorar o humor de uma pessoa que pode ter um temperamento já explosivo que, sem se dar conta, 'desconta' na pessoa mais próxima que, no caso é você.

De qualquer forma, não fique sozinha nessa história toda. Convoque a família. Se não todos, chame algum filho, algum irmão seu ou dessa pessoa e, se não os tiver, algum amigo ou amiga. Boa sorte.

*Ana Fraiman é psicóloga formada em Psicologia Social, especialista nas áreas clínica e social, com mestrado pela USP e, atualmente, cursa doutorado na PUC de São Paulo na área de Antropologia. Possui vários livros publicados, é articulista e Diretora da APFraiman Consultoria, empresa pioneira em Programas de Preparação para a Aposentadoria e Pós-carreira.

Ana Fraiman escreve semanalmente no Maisde50. Para enviar sua dúvida, envie um email para editora@maisde50.com.br

Recebido via e-mail do Site: http://maisde50.uol.com.br/

Uma "proposta" sugestiva...


Por e-mail recebi este e-mal que PROMETO estudar com ATENÇÃO. Aí está ele (...o "dito"...):


De: Anderson
Para:
Data: 07/10/2009 22:03
Assunto: Aumente seu penis em até 8cm


Aumente de 3 a 8cm sem cirugias, aparelhos ou qualquer tipo de medicamento!

Aprenda a aumentar seu membro de 3 a 8 cm, exercícios de controle da ejaculação precoce, saiba como ter orgasmos mais prolongados e ereções mais firmes e longas.
Exercícios manuais que você faz em casa, na hora e lugar que você quiser.

Promoção de final de ano: Ganhe gratuitamente o super pacote "Como conquistar e seduzir as mulheres", e você nunca mais vai fazer feio com as mulheres.

Quem disse que tamanho não é documento quando existe uma solução?
Acesse e saiba mais: www.super-enlargepack.net

Para não receber mais os boletins de nosso produto, remova seu e-mail em
www.super-enlargepack.net/remover.php



Nota: não vou DESISTIR porque quero saber até quantos cms "a coisa" pode chegar... rsrs

Tchau.

My little cousin from Ireland

Clique aqui para mais Glitters Gifs Animados

Quando é que a vida fica mais simples?


Quando me perguntam "quando é que a vida fica mais simples?”, eu respondo: não fica! Mas podemos aprender a lidar melhor com ela. Quando somos enviados ao planeta Terra, nós nos matriculamos na “escola da vida” para sempre – o que significa que enquanto estivermos respirando, a aula continua. Infelizmente, costumamos pensar que quando tivermos passado pela pré-escola, o primeiro grau, a puberdade... e começamos a trabalhar, a vida se tornará mais fácil.

Tolice. Mas ninguém nos avisou disso; não é de admirar que fiquemos frustrados. Aí, olhamos para os outros, que a distância, nos dão a impressão de estar passando maravilhosamente; outro engano, porque eles também têm lá os seus problemas... Todos nós enfrentamos desafios constantemente... Então, como conseguir não enlouquecer? Isso vai depender da maneira como você lida com a vida.

Pra começar, suba um degrau de cada vez; depois, nunca diga algo do tipo “não vou relaxar enquanto não...”. Relaxe e aproveite a vida enquanto ainda está no meio do caminho. Outra coisa: pergunte constantemente “o que estou aprendendo com isso?”. E lembre-se: ninguém jamais consegue arrumar a vida em compartimentos bem ordenados.

As pessoas vêem a felicidade como uma espécie de miragem distante, como se estivessem se arrastando no deserto e à frente houvesse uma placa dizendo FELICIDADE... Isso não existe! A felicidade acontece agora, onde você está. Ou então imagine isso logicamente. Alguém afirma: “não dá pra ser feliz agora porque o banheiro está sendo reformado; mas no mês que vem...”.

Só que, no mês seguinte, as crianças pegam uma gripe, a gata fica no cio, os parentes vêm passar uma temporada em casa... E aí, essa pessoa continua dizendo... “quem sabe no próximo mês".




Andrew Matthews, no livro "Siga seu coração"


Recebido via e-mail do Site: www.diabetenet.com.br

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Michael Bolton - When a Man Love a Woman

Nota de 1lindomenino: uma canção de Percy Sledge e que faz parte daquelas que NÃO esqueço. E, VOCÊ, lembra-se dela... ?! Hummm... sei que SIM... !!!

Características curiosas da audição masculina

"Xente": coloquei este "macho-man" só para dar mais colorido e aumentar o meu IBOPE...
Muitas vezes se ouve dizer que as mulheres falam demais.

Mas não tem problema, porque o ouvido masculino é seletivo, sabia?

Escuta somente o que interessa...

Dê só uma olhada:

O que a mulher diz:


"Esse lugar tá uma bagunça, amor!
Você e eu precisamos limpar isto.
Suas coisas estão jogadas no chão
e você ficará sem roupas pra usar
se não lavá-las agora mesmo!"

O que o homem escuta:

blah, blah, blah, blah, Amor
blah, blah, blah, blah, você e eu
blah, blah, blah, blah, no chão
blah, blah, blah, blah, sem roupas
blah, blah, blah, blah,
agora mesmo...

Viu, ó melhor, ouviu a diferença?





Agradecimento ao Site: http://boaspiadas.blogspot.com/


Tensão


Uma vida livre de tensões tem pouco sentido. A tensão é causada pela diferença entre o que você é e o que você poderia ser. Sem tensão, não existem possibilidades. Sem tensão, não existe nada superior a ser alcançado.

Sim, é geralmente fácil aliviar a tensão - tomando o caminho mais fácil e abandonar nossos sonhos, desistir, fugir das responsabilidades. Mesmo que esse comportamento possa aliviar temporariamente a tensão, ela eventualmente voltará com a terrível dor do arrependimento.

Quando aceitamos que a tensão faz parte da vida, ela perde um pouco do seu poder. Nós tornamos a tensão ainda pior resistindo a ela e temendo-a. Assim, um certo nível de tensão é condição saudável. Só porque estamos passando por um momento tenso, não significa que devamos deixar que essa tensão nos afete.

Viver com um propósito e perseguir um objetivo deixará você tenso. Sua tensão significa que você sabe que as coisas poderiam ser melhores, e isso leva a um crescimento constante. Aprecie a tensão, viva com ela e deixe que ela leve você adiante.




Recebido via e-mail do Site: www.diabetenet.com.br

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

PORTUGAL em várias DIMENSÕES

Sala dos Embaixadores no Palácio de Queluz

Nota de 1lindomenino: este é mais um "pedaço" do Portugal que ouso continuar a mostrar para quem nada sabe e nem quer saber.
VOILÁ... !!!

O que é o amor por Oscar Wilde


O amor é quando começamos por nos enganar a nós próprios e acabamos por enganar a outra pessoa.


O amor deveria perdoar todos os pecados, menos um pecado contra o amor. O amor verdadeiro deveria ter perdão para todas as vidas, menos para as vidas sem amor.



Não é o perfeito, mas o imperfeito, que precisa de amor.



Não peca quem peca por amor.


O segredo do amor é maior do que o segredo da morte.



No amor todos os caminhos acabam de forma igual - desilusão.




Obrigado e você, leitor(a), encontra MUITO mais no Site: http://www.pensador.info/


Advinhas ou Adivinhas? Estas são rimadas, para crianças e adultos.


Para quem tem dúvidas se a escrita correta é advinha ou adivinhas, um esclarecimento:


Advinha (com d mudo) é do verbo advir, que significa acontecer, suceder;
Adivinha (com i) é o certo, vem do verbo a adivinhar e é também o nome que se dá à brincadeira de propor questões ou enigmas para serem decifrados.
Estas são em rima.
Aqui estão algumas adivinhas de um tipo peculiar e trabalhoso de criar. As charadas nelas embutidas são feitas com rimas. São interessantes para crianças, mas a maioria necessita que um adulto explique a razão da resposta. Aliás, acredito que muitos adultos terão dificuldade de responder, pois várias são antigas. Uma dica: todas as soluções, de alguma forma, estão ligadas a vegetais. (as respostas estão no final).

--1--
Verde foi meu nascimento;
Depois de luto me vesti;
Para dar luz ao mundo;
Mil tormentos padeci.

--2--
Tem dentes,
Mas não come.
Tem barba,
Mas não é homem.

--3--
Preto por dentro,
Branco por fora.
Vermelho na ponta,
Adivinha agora.

--4--
Eu sou a planta mais linda,
Que a crosta da terra tem.
Flocos de neve pareço,
Aos olhares de alguém.

--5--
Começa logo por mel,
Pois docinha tem que ser.
Se a anciã juntas ao mel,
Meu nome vais saber.
.
.
.
.
.

Respostas:
1 - a azeitona; 2 - o alho; 3 - o cigarro; 4 - o algodão; 5 - a melancia


Agradecimento "habituée" ao Site: http://boaspiadas.blogspot.com/

A vida é o que fazemos dela


Há dias em que a chuva cai, noutros o sol não sai, há noites em que as estrelas não vêm velar nosso sono, nem a lua iluminar nossa noite escura, há tempos em que nada plantamos e ainda roubamos a flor que alguém cultivou com afeto, há horas que não passam e horas que voam por entre pensamentos fúteis, há o momento que somos assaltados pelo passado e momentos que queremos apagar, há o desejo de deitar e abraçar o sono mais profundo e longo, mas entre tantos desvarios existe a necessidade de reconhecer a vida como a mais bendita e iluminada experiência. Somos o que fazemos, o que plantamos, o que doamos, o que dividimos, e se nada disso ocorreu não há o que lamentar, pois perdemos tempo na inutilidade de uma existência oca e sem sentido e agora, quando o dia de luz se instala em frente ao nosso portão, não cabe mais nada que não seja arrepender-se e penitenciar-se pelo não feito, pelo semente não lançada no chão do amor, pela lágrima não derramada diante de uma dor alheia, pela chuva não agradecida quando a seca fustigava a natureza, pelas noites não contempladas da janela do coração, pela ajuda a quem implorou com olhos de dor...



Recebido via e-mail do Site: www.portaldiabetes.com.br

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Carlos Ramos - Não venhas tarde


Não venhas tarde!,
Dizes-me tu com carinho,
Sem nunca fazer alarde
Do que me pedes, baixinho.

Não venhas tarde!,
E eu peço a deus que no fim
Teu coração ainda guarde
Um pouco de amor por mim.

Tu sabes bem
Que eu vou p'ra outra mulher,
Que ela me prende também,
Que eu só faço o que ela quer,
Tu estás sentindo
Que te minto e sou cobarde,
Mas sabes dizer, sorrindo,
Meu amor, não venhas tarde!

Não venhas tarde!,
Dizes-me sem azedume,
Quando o teu coração arde
Na fogueira do ciúme.

Não venhas tarde!,
Dizes-me tu da janela,
E eu venho sempre mais tarde,
Porque não sei fugir dela

Tu sabes bem
Que eu vou p'ra outra mulher,
Que ela me prende também,
Que eu só faço o que ela quer,


Sem alegria,
Eu confesso, tenho medo,
Que tu me digas um dia,
Meu amor, não venhas cedo!

Por ironia,
Pois nunca sei onde vais,
Que eu chegue cedo algum dia,
E seja tarde demais!

(Vidé Vídeo)



Alfacinha de gema, Carlos Ramos tornou-se num dos fadistas mais queridos do público português, graças à sua voz quente e à sua postura modesta e discreta - e ao anormal número de grandes êxitos que teve, aliás ligados à popularidade crescente do disco e da televisão, meios de comunicação que explorou com grande sucesso no início da década de sessenta. Contudo, poucos se recordam que, apesar da sua apetência pelo fado vir de criança, só tardiamente Carlos Ramos o abraçou como carreira a tempo inteiro.

O Mau e o Bom


O sofrimento pelo qual você passa faz a alegria brilhar muito mais. Relaxar lhe dá energia para trabalhar de forma mais eficiente.

O tempo longe de quem você ama torna especial o tempo que passam juntos. A morte faz com que a vida seja preciosa. O calor do verão torna o outono refrescante.

Ter de viver sem algo o faz valorizá-lo. A doença faz da saúde algo que vale a pena ser perseguido. A fome estimula a alimentação.

Freqüentemente, as coisas que consideramos "más" são as que tornam boas as coisas boas. Como poderíamos reconhecer o prazer sem a dor? Sem o desconforto, como poderíamos estar confortáveis? Sem ignorância, qual seria o valor do conhecimento?

Em todas as direções e em todas as situações, a vida tem significado. Em todo lugar existe a oportunidade da realização. A luz que você tanto aprecia não existiria sem a escuridão que você amaldiçoa.



Autor Anônimo

Recebido via e-mail do Site: www.diabetenet.com.br


segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Futebol é bola, espectáculo e... superstições?


Um olhar pelo lado místico do desporto rei




Há coincidências e coincidências. Cristiano Ronaldo lesionou-se pouco tempo depois de um bruxo ter garantido que iam surgir problemas para o português. Os mais crentes e supersticiosos cedo se apressaram a lembrar a promessa do feiticeiro, ou não tivesse sido o mesmo que previu um período conturbado para o Real Madrid, um pouco antes da saída de Ronaldo, o «fenómeno». Coincidência, certo?

E não é preciso atravessar a fronteira para encontrar histórias mirabolantes, onde o misticismo se funde com o espectáculo do desporto rei. Quem, por cá, está atento a este mundo já ouviu falar de homens como o Mestre Alves, o «Bruxo de Fafe» ou relatos de galinhas pretas nos estádios. Dá resultado? Digamos que depende dos casos. Até porque pode tudo ser coincidência.

Mas quem assiste a uma partida de futebol, vê que esses rituais não vêm sempre de fora. O futebol é um mundo de crendices e superstições. Desde o benzer a entrar no campo, o entrar com o pé direito, o ser o último a entrar, o último a equipar e todo um leque de maneirismos que, com a repetição, ganham forma de superstição. E não convém quebrar a rotina. Dá azar.

Os amuletos

Quem nunca viu José Mourinho beijar as fotos dos filhos quando se senta no banco de suplentes? Se não viram, podem, no entanto, lembrar o altar da Senhora do Caravaggio que Luiz Felipe Scolari popularizou ou ficar a saber que Canizares tem uma toalha da sorte. O guardião espanhol ficou sem o amuleto, que usava para limpar as mãos antes de cada jogo, nos minutos que antecederam um jogo com o Málaga. Acabou por correr bem, pelo menos pela metade. Se é verdade que o Valência não marcou, Canizares também não sofreu qualquer golo e o jogo terminou empatado.

Os gestos

Neste capítulo há os simples, os emblemáticos e os estranhos. Raros são os jogadores que não se benzem, mas não é habitual ver um jogador urinar no campo imediatamente antes de se preparar para defender um penalty. O argentino Sergio Goycochea admitiu fazê-lo. E depois há gestos que ficam para a história. Uma inspiração. Como Ricardo sem luvas a defender um penalty, algo impensável antes do Euro 2004. Outra imagem famosa é o beijo de Laurent Blanc na careca de Barthez, antes de cada jogo da França no Mundial por si organizado. Blanc, castigado, não jogou a final, mas foi ao balneário para não quebrar a rotina. A França foi campeã do mundo.

Os equipamentos

Mudar um equipamento para não dar azar. Impensável? O Brazil fê-lo. Nos primórdios, a selecção brasileira não era conhecida pela «canarinha», pois jogava de branco. Em 1950, perante um Maracanã a abarrotar, o Brasil, super-favorito, perdeu a final do Campeonato do Mundo para o Uruguai. A primeira medida foi mudar a cor do equipamento. Oito anos depois, na Suécia, a equipa de Pelé ia enfrentar a formação local e os dois jogavam de amarelo. O sorteio ditou que o Brasil teria de encontrar novo equipamento. Depressa o fantasma do jogo do Maracanã começou a ganhar corpo. O Brasil jogou de azul e foi campeão do mundo.

As músicas

A selecção holandesa espantou o mundo no Mundial de 74. Antes de cada jogo, Cruyff e companhia ouviam sempre a mesma cassete, dos The Cats, banda pop do seu país. Antes da final, a cassete desapareceu e os jogadores ouviram «Sorrow» de David Bowie. A Holanda esteve irreconhecível e perdeu a final para a Alemanha.

Tudo isto são coincidências? Os espanhóis dizem que não acreditam em bruxas, «mas que as há, há». E o leitor, que pensa disto tudo? E que outras histórias de crendices e superstições tem para contar?


Agradecimento ao Site: http://www.maisfutebol.iol.pt/

A gratidão


O homem, por detrás do balcão olhava a rua de forma distraída. Uma garotinha se aproximou da loja e amassou o narizinho contra o vidro da vitrina.

Os olhos da cor do céu brilharam quando viu determinado objeto.

Entrou na loja e pediu para ver o colar de turquesas azuis. "é para minha irmã. Pode fazer um pacote bem bonito?"

O dono da loja olhou desconfiado para a garotinha e lhe perguntou: "quanto dinheiro você tem?"

Sem hesitar, ela tirou do bolso da saia um lenço todo amarradinho e foi desfazendo os nós. Colocou-o sobre o balcão e feliz, disse: "isto dá, não dá?"

Eram apenas algumas moedas, que ela exibia orgulhosa.

- Sabe, eu quero dar este colar azul para a minha irmã mais velha. Desde que morreu nossa mãe, ela cuida da gente e não tem tempo para ela. É aniversário dela e tenho certeza que ela ficará feliz com o colar que é da cor dos seus olhos."

O homem foi para o interior da loja, colocou o colar em um estojo, embrulhou com um vistoso papel vermelho e fez um laço caprichado com uma fita verde.

- Tome, leve com cuidado.

Ela saiu feliz, saltitando pela rua abaixo.

Ainda não acabara o dia quando uma linda jovem de longos cabelos loiros e maravilhosos olhos azuis, adentrou a loja.

Colocou sobre o balcão o já conhecido embrulho desfeito e indagou:

- Este colar foi comprado aqui?

- Sim, senhora.

- E quanto custou?

- Ah, falou o dono da loja, o preço de qualquer produto da minha loja é sempre um assunto confidencial entre o vendedor e o freguês.

A moça continuou: "mas minha irmã tinha somente algumas moedas. O colar é verdadeiro, não é? Ela não teria dinheiro para pagá-lo!"

O homem tomou o estojo, refez o embrulho com extremo carinho, colocou a fita e devolveu à jovem.

- Ela pagou o preço mais alto que qualquer pessoa pode pagar - disse ele.

- Ela deu tudo o que tinha.

O silêncio encheu a pequena loja, e duas lágrimas rolaram pelas faces jovens, enquanto suas mãos tomavam o embrulho e ela retornava ao lar, emocionada.

..........................

Verdadeira doação é dar-se por inteiro, sem restrições. Gratidão de quem ama não coloca limites para os gestos de ternura.

E a gratidão é sempre a manifestação dos espíritos que têm riqueza de emoções e altruísmo.

Sê sempre grato, mas não espere pelo reconhecimento de ninguém.

Gratidão, como amor, é também dever que não apenas aquece quem recebe, como reconforta quem oferece.




Recebido via e-mail do Site: www.portaldiabetes.com.br

domingo, 4 de outubro de 2009

«Apresentava-me bêbado nos treinos do Inter»


Adriano fala da vida desregrada e do apoio de Mourinho no Inter


A frase é de Adriano. De volta ao Brasil, o avançado confessa a vida desregrada que levava em Itália. Fala da ruptura com Mancini no Inter e do apoio de José Mourinho, que no entanto não foi suficiente.

«Só eu sei quanto sofri. A morte do meu pai deixou-me um vazio enorme. Vi-me só, triste e deprimido, e foi quando comecei a beber», revelou Adriano, em declarações à revista brasileira R7, citadas pela Gazzetta dello Sport.

«Saía todas as noites e bebia o que aparecesse: vinho, whisky, vodka, cerveja, muita cerveja. Apresentava-me todos os dias bêbado. Não dormia com medo de me atrasar, mas depois chegava em condições impróprias, e mandavam-me ir dormir para a enfermaria, enquanto aos jornalistas diziam que tinha tido um problema muscular qualquer», revela Adriano, admitindo que a situação se tornou insustentável e acabou por entrar em conflito com Mancini.

Com a chegada de Mourinho, e depois de um empréstimo ao São Paulo, voltou a tentar. «Pensei que tinha ultrapassado os problemas, mas voltei a sentir-me só e voltei a beber. Voltei pelo Mourinho, mas não foi suficiente. Voltaram as festas, as mulheres e o álcool. Lamento por Mourinho, que chegou a discutir com alguns dirigentes para me manter», afirma, concluindo que a saída acabou por ser o melhor: «Não existe dinheiro suficiente que pague o meu regresso a casa.»



Agradecimentos ao Site: http://www.maisfutebol.iol.pt/


Nota de 1lindomenino: lá dizia a cantiga do Variações: "... quando a cabeça não tem juízo, o corpo é que paga... o corpo é que paga... o corpo é que paga... !!!"...


Curtas e Rapidas: Constatações Masculinas sobre o Casamento

Vamos ser FELIZES para SEMPRE, né AMOR... ?!



Um homem colocou nos classificados: “Procura-se esposa”
No dia seguinte ele recebeu centenas de cartas.
Todas diziam a mesma coisa:Pode ficar com a minha”


-:-:-


O filho pergunta para o pai:
“Papai quanto custa para casar?”
E o pai responde:
“Não sei, filho, ainda estou pagando”


-:-:-


O filho:
“É verdade que em algumas partes da África o homem não conhece sua esposa até casar com ela?”
O pai:
“Aqui também é assim”


-:-:-


Um casal estava discutindo sobre as finanças. O marido explodiu e falou:
“Se não fosse pelo meu dinheiro essa casa não estaria aqui”
A mulher respondeu:
“Se não fosse pelo seu dinheiro eu não estaria aqui”


-:-:-


Uma mulher estava conversando com uma amiga:
“Fui eu que fiz o meu marido milionário”
Pergunta a amiga:
“E o que seu marido era antes?”
A mulher responde:
“Bilionário”


-:-:-


Um homem estava reclamando com um amigo:
“Eu tinha tudo - dinheiro, uma casa bonita, um carro, o amor de uma linda mulher, e então... tudo acabou”
“O que aconteceu?” perguntou seu amigo
“Minha esposa descobriu...”


-:-:-


“Não falo com a minha esposa há mais de um ano.”
“Por quê?” - pergunta um amigo
“Porque não gosto de interrompê-la...”


-:-:-



Mas pense bem: se não fosse pelo casamento, os homens viveriam pensando que eles nunca erraram.


-:-:-


Pessoalmente, eu acho que uma das melhores coisas do casamento é que, como pai e marido, posso dizer o que quiser pela casa. É claro que ninguém presta a mínima atenção...


-:-:-


Um homem bem sucedido é o que faz mais dinheiro do que sua mulher pode gastar.

Uma mulher bem sucedida é a que encontra esse tipo de homem.


-:-:-


Um homem disse que seu cartão de crédito foi roubado, mas ele decidiu não avisar a polícia, porque o ladrão estava gastando menos que a sua mulher.


-:-:-


A melhor maneira de lembrar o aniversário da sua mulher para sempre é esquecer uma vez.


-:-:-


Qual a semelhança entre a Avenida Paulista e o Casamento?
Ambos começam no Paraíso e terminam na Consolação.





Agradecimento ao Site: http://boaspiadas.blogspot.com/



Esta manhã encontrei o teu nome

Esta manhã encontrei o teu nome nos meus sonhos
e o teu perfume a transpirar na minha pele.
E o corpo
doeu-me onde antes os teus dedos foram aves
de verão e a tua boca deixou um rasto de canções.



No abrigo da noite, soubeste ser o vento na minha
camisola;
e eu despi-a para ti, a dar-te um coração
que era o resto da vida
- como um peixe respira
na rede mais exausta.
Nem mesmo à despedida

foram os gestos contundentes:
tudo o que vem de ti
é um poema.
Contudo, ao acordar, a solidão sulcara
um vale nos cobertores e o meu corpo era de novo
um trilho abandonado na paisagem.
Sentei-me na cama

e repeti devagar o teu nome,
o nome dos meus sonhos,
mas as sílabas caíam no fim das palavras,
a dor esgota
as forças, são frios os batentes nas portas da manhã.



Maria do Rosário Pedreira



Agradecimento ao Site: http://www.astormentas.com/