POR UM PORTUGAL DIFERENTE

POR UM PORTUGAL DIFERENTE
ABRIL VIRÁ...!!!

EXPERIMENTE... VÁ ATÉ LÁ!

MUDAR...

Estrela - DestaquesNinguém pode ser escravo de sua identidade; quando surge uma possibilidade de mudança é preciso mudar. (Elliot Gould)

Frases e Mensagens -

NÃO HÁ ACORDO...!!!...

NÃO HÁ ACORDO...!!!...
... Português há só UM...!!!

TRADUÇÃO/TRANSLATE/TRADUCION

SEM IMITAÇÕES...

ACREDITE...

"Nunca faça graça de graça. Você é humorista, não político."

A Hora em Poá (BRASIL)

"Nada descreve melhor o caráter dos homens do que aquilo que eles acham ridículo."

VELHO PROVÉRBIO PORTUGUÊS

"Dois olhos vêem mais do que um só."
Veja Frases para Orkut - Kifrases.com

LOVE, love, LoVe

OvEr ThE RaInBoW

1lindoMENINO ...

Verdade, Verdadinha...!!!

zwani.com myspace graphic comments

1lindomenino

Menininhas e inhos venham a mim...

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "isto"... e MUITO MAIS...!!!

António GEDEÃO


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.GEDEÃO

SEJA ASSIM... COMO EU!

recadosparablogseorkut.com


Mais Um(a)...!!! OBRIGADO...!!!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Destino


Eu conheci o amor da minha vida, pela internet, numa conversa de MSN com várias pessoas adicionadas. A gente trocou algumas palavras, e então resolvemos conversar sozinhos, até que ele me adicionou e eu conheci a pessoa mais fantástica da minha vida aquela noite. Essa noite eu estava sem ninguém pra conversar. Eu contei tudo da minha vida como se fossemos amigos de infância, ele me passou uma confiança que eu nunca senti por ninguém, e o que era mais estranho, o fato de ter acabado de conhecer ele. Então eu fui dormir tarde , e após aquele dia tive um grande amigo, que me escutava, que me ajudava, e que me fazia rir. Ficamos um bom tempo se falando só pela NET, isso que ele morava muito longe de mim , lembro da primeira vez em que nos vimos pessoalmente, achei ele super divertido,mais foi estranho depois de conversa por varias semanas reencontra a pessoa que você jamais pensa e ver,ate cheguei achar que por fato ele não existia de tão legal que estava sendo nossa conversa, gostei muito de encontra-lo afinal de tudo. Eu sofri muito aquele tempo, meus relacionamentos nunca foram bem sucedidos, sempre terminavam em lágrimas, traições, mas eu nunca desistia, sempre achei que um dia iria encontrar um cara certo que me amasse de verdade, e que não me fizesse sofrer. Ambos estavam se gostando, e eu ali perdida na história. Ai resolvermos a namorar daquele dia do encontro em diante. Um mês depois começou as indiferenças mais sempre acabou com final feliz,sempre fizemos as pazes. Lembro muito quando começaram a vim as fofocas e brincadeiras de mal gosto pelo orkut e pelo MSN de nos dois , perdi a confiança de vários 'amigos' e 'amigas',por desconfiar deles, pois eles eram o únicos que sabiam do meu relacionamento com Pedro. Esse tempo foi bem difícil pra mim,já me sentia vazia e completa ao mesmo tempo pois era eu do lado de que amo e não sabia o que fazer pra ter os amigos de volta eles eram as pessoas em quais poderia me apoiar os amigos mais sincero e verdadeiro que para mim eram meus irmãos que eu já conheci. Bom a vida continuou, as pessoas resolveram acreditar em mim ou simplesmente esqueceram, eu não sei, e a minha vida seguiu adiante. Eu e ele estávamos felizes. Conversávamos muito, até saímos juntos. Ele passou a ficar mais próximo e acabou conhecendo a família. Sempre tive um carinho imenso por ele. Então no outro dia resolvi falar com ele no orkut, comentei como ele estava bonito. A cada dia que passava, eu ficava mais interessada nele, as conversas, assuntos que não acabavam, o jeito dele ser, o jeito dele me fazer sorrir, aos poucos eu fui me encantando com ele, de uma maneira que nem eu sei explicar, talvez até melhor, mas era o mesmo cara que eu conheci aquela noite lá, e porque estava sentindo aquilo só naquele momento, porque não senti antes? Minha primas aos poucos foram ficando de bem ,nossa amizade foi voltando as boas. Não e que elas não achavam correto meu romance com ele mais o que eu estava sentindo parecia não ter fim,ficavam chateada por motivo que eu já não dava atenção no que fazíamos antes,por antes saíramos juntas pra todos os lugares,hoje já não e bem assim. Eu e o Pedro estávamos estava feliz por saber que ele também sentia o mesmo. Até que aconteceu de novo as brigas surgirem,sempre ciúmes ,ele é exatamente o tipo de cara que eu sempre quis para mim, alguém que é amigo, que eu confio, alguém que me dê valor, que seja fiel, sincero, parceiro, que me apóia, que está comigo na alegria e na tristeza,que briga que me de meu amor que da conselhos que me faz sorrir, que não me faz chorar, que é perfeito para mim, como eu sempre sonhei, como eu sempre esperei. E daquele primeiro beijo mágico, veio o segundo, o terceiro, e estamos nos beijando até hoje, o melhor beijo da minha vida, e que eu quero pro resto dos meus dias. Depois desse dia, e aí fomos nos conhecendo melhor, intimamente, fomos percebendo como somos parecidos em muitas coisas e as nossas afinidades foram nos aproximando cada vez mais. Tudo estava tão perfeito até que uma nuvem negra se instalou sobre nós. Passamos por muitas coisas ate que volta a presença das EX namorada dele,fiquei triste já tinha conhecido a família um do outro não acreditava que iríamos termina depois de termos passados por momentos que jamais iria esquecer, ele me disse que ela e apenas amiga da mãe dele e por isso continua fazendo visita na casa dele,nada que ele estava dizedo estava esclarecendo as coisas em minha cabeça louca e cega de ciúmes eu fui acreditando aos poucos nele,ele me dizendo que falta de desconfiança nosso namoro num ia levar a nada .depois e ele ter vindo na minha casa, enfrentar meus pais, achei que não seria legal acaba tudo assim voltamos as boas. Enfrentamos muitas coisas, só a gente sabe, fizemos de tudo para ficarmos juntos, nada nem ninguém pode nos separar , a única coisa que eu queria era ficar com ele, abandonar o amor que eu sempre sonhei e agora havia se tornado realidade. Me lembro da primeira vez que ele disse que me amava.Lembro que uma vez brigamos feio,ele foi me busca no serviço,depois de alguns minutos juntos aconteceu uma briga que quase foi o fim da nossa historia eu chinguei ele de quase tudo num sei por que fiz isso ele também me chingou muito falamos que era errado continuarmos juntos do jeito que estava indo nunca iria da certo então uma hora acabou ele me disse muitas coisas feia e eu também acabou a discursão depois de conversamos e ter colocado as coisas no seu devido lugar ele me abraçou e ficou ali me apertando como se não quisesse me perder,e eu também uma lágrima fugiu do meu controle, escapou dos meus olhos e correu sobre o meu rosto, eu estava louca pra dizer que o amava, até que ele falou perto do meu ouvido: 'eu te amo'. Foi a coisa mais linda que eu já ouvi na minha vida, eu vou lembrar para sempre aquele momento. Desde então o meu amor só cresceu, eu penso nele a todo minuto, passamos uma fase muito ruim, mas isso só nos fortaleceu, aprendemos que a gente consegue passar por tudo se estivermos juntos. Eu descobri que sem ele não sei viver, que é o meu ar, o meu chão. Não se passou um dia em que ele não me dissesse que me ama. Os meus pais e os pais dele aceita esse namoro hoje sem preocupação nenhuma como no começo. Trabalhamos, meus dias são os melhores, porque ele existe. Ele me faz muito feliz, nunca me senti tão bem em toda a minha vida. Ele é meu companheiro,o homem por que sou capaz de dar a vida,e tudo isso eu agradeço primeiramente a DEUS e entrego esse romance nas mãos dele pois e o único que sabe nos guarda. Pedro te amo muito!!!





Nota de 1lindomenino: é a vida. Com ou sem NET, há pessoas que AMAM e que encontram o seu "rumo certo".

NÂO VALE A PENA "só" jogar "pedras" na NET e nos seus relacionamentos...!!!

VALEU...?!...

Teófilo Braga - Contos Tradicionais do Povo Português









Um cavaleiro, casado com uma dama nobre e formosa, teve de ir fazer uma longa jornada: receando acontecesse algum caso desagradável enquanto estivesse ausente, fez com que a mulher lhe prometesse que enquanto ele estivesse fora de casa diria a tudo: – Não. Assim pensava o cavaleiro que resguardaria o seu castelo do atrevimento dos pajens ou de qualquer aventureiro que por ali passasse. O cavaleiro já havia muito que se demorava na corte, e a mulher aborrecida na solidão do castelo não tinha outra distracção senão passar as tardes a olhar para longe, da torre do miradouro. Um dia passou um cavaleiro, todo galante, e cumprimentou a dama: ela fez-lhe a sua mesura. O cavaleiro viu-a tão formosa, que sentiu logo ali uma grande paixão, e disse:

– Senhora de toda a formosura! Consentis que descanse esta noite no vosso solar?

Ela respondeu:

– Não!

O cavaleiro ficou um pouco admirado da secura daquele não, e continuou:

– Pois quereis que seja comido dos lobos ao atravessar a serra?

Ela respondeu:

– Não.

Mais pasmado ficou o cavaleiro com aquela mudança, e insistiu:

– E quereis que vá cair nas mãos dos salteadores ao passar pela floresta?

Ela respondeu:

– Não.

Começou o cavaleiro a compreender que aquele Não seria talvez sermão encomendado, e virou as suas perguntas:

– Então fechais-me o vosso castelo?

Ela respondeu:

– Não.

– Recusais que pernoite aqui?

– Não.

Diante destas respostas o cavaleiro entrou no castelo e foi conversar com a dama e a tudo o que lhe dizia ela foi sempre respondendo

– Não.

Quando no fim do serão se despediam para se recolherem a suas câmaras, disse o cavaleiro:

– Consentis que eu fique longe de vós?

Ela respondeu:

– Não.

– E que me retire do vosso quarto?

– Não.

O cavaleiro partiu, e chegou à corte, onde estavam muitos fidalgos conversando ao braseiro, e contando as suas aventuras. Coube a vez ao que tinha chegado, e contou a história do Não; mas quando ia já a contar a modo como se metera na cama da castelã, o marido já sem ter mão em si, perguntou agoniado:

– Mas onde foi isso cavaleiro?

O outro percebeu a aflição do marido e continuou sereno:

– Ora quando ia eu a entrar para o quarto da dama, tropeço no tapete, sinto um grande solavanco, e acordo! Fiquei desesperado em interromper-se um sonho tão lindo.

O marido respirou aliviado, mas de todas as histórias foi aquela a mais estimada.




Agradecimento ao site http://alfarrabio.di.uminho.pt/


Os Filhos Prodígios (PIADA "sem preconceitos"...)



Três amigos conversam:
? Meu filho está muito bem, é um grande construtor... Está tão bem que acaba de dar uma casa de presente a um amigo!
O segundo emenda:
? O meu garoto é muito bem-sucedido. Já é dono de várias concessionárias e até deu um Mercedes pra um amigo no mês passado.
? E o meu! ? disse o terceiro ? É dono de um haras enorme e presenteou seu melhor amigo com um puro-sangue campeão!
Com a chegada de outro amigo, o filho do dono do haras diz:
? Estávamos falando sobre nossos filhos. O que tem feito o seu?
? Ah, o meu filho é gay... Faz strip-tease e programas!
Os amigos ficam horrorizados mas o pai do gay nem se abala.
? Você não se importa? ? pergunta um dos amigos.
? Eu não! Ao contrário. Só no últimos meses ele ganhou uma casa, um carro zero e um puro-sangue dos três namorados.





Agradecimento ao site http://www.piadasdodia.com.br/

Viciado em veneno come escorpiões vivos



Em cerca de 30 anos, diz que já comeu pelo menos 10 mil



Li Liuqun, de 58 anos, come escorpiões vivos diariamente. Em cerca de 30 anos, diz que já comeu pelo menos 10 mil escorpiões.
De acordo com o site «Orange News», o veneno de escorpião pode paralisar e matar uma pessoa. Mas Li diz que provavelmente se viciou.
A substância é usada em medicina tradicional chinesa para o reumatismo.
Para ele, uma boa refeição tem de ter entre 20 a 30 escorpiões vivos.
O chinês explica que foi picado e que: «estava com tanta raiva após ter sido picado que peguei nele e mordi-lhe a cabeça. Era doce e agradável, delicioso. Ainda posso ser picado que o veneno não tem nenhum efeito em mim», diz, citado pelo portal
«R7».


Agradecimento ao site http://www.tvi24.iol.pt/

Nota de 1lindomenino: QUÉ QUÉ ISSO...?! Então o "minino" não se podia viciar noutra "coisa"...?! "Um fuminho", um "crackzinho",... NADA...?!...
Agora em "ESCORPIÃO"...?!...
BAHHHHH....

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

QUÍMICA



Sublimemos, amor. Assim as flores
No jardim não morreram se o perfume
No cristal da essência se defende.
Passemos nós as provas, os ardores:
Não caldeiam instintos sem o lume
Nem o secreto aroma que rescende.



SARAMAGO, José

Piada de Advogado - absolvido (ué...?! De advogado...?!...)



Num julgamento o Juiz pergunta ao réu:
- Como o senhor matou sua esposa?
- A chifradas, meritíssimo!
- Absolvido! Legítima defesa.





Um remédio para dormir





Especilistas alertam para uso indiscriminado de medicamentos entre idosos



Como se fosse água com açúcar ou chá de camomila, o paciente pede "o senhor poderia me receitar uma caixa de Vallium? É que meu pai, um senhor muito idoso, só dorme com esse remedinho". O médico, prontamente, prescreve. Longe do consultório, nas rodas de amigos e na família, há sempre quem tenha uma caixa sobressalente para casos de "emergência". A ciranda prossegue e os psiquiatras alertam: são os próprios médicos que recomendam o uso de tranquilizantes. O problema é que eles nem sempre enxergam quando termina a necessidade e começa a dependência.

Pelo menos, 9,7% dos jovens, 19,5% dos maiores de 50 anos e 24% dos idosos maiores de 65 tomam regularmente Lorax, Lexotan, Vallium, Diazepan ou remédio semelhante para diminuir a ansiedade, de acordo com pesquisa conjunta da UNIFESP, UFBA e UFRS. Mais recentemente, um levantamento feito pelo Observatório Brasileiro de Informações sobre Drogas (OBID) constatou um aumento do uso desses remédios. Segundo o levantamento, 56% da população acima dos 35 anos já fez uso desse tipo de medicação. Sendo o Diazepan e o Lexotan os mais usados, com um índice de 3,05% e 1,54%, respectivamente.

Desde então, essa situação não mudou muito, na opinião do coordenador da pesquisa e de dois profissionais dos maiores núcleos de estudo sobre drogas no Brasil. Nem a comunidade científica se esforçou para conscientizar os médicos sobre o uso indiscriminado dos remédios tranqüilizantes. Os receituários partem, na grande maioria das vezes, de clínicos gerais, cardiologistas, reumatologistas e outros especialistas. "Muitas vezes, os médicos prescrevem tranquilizantes para acalmar os ânimos e melhorar a saúde física. Só que esquecem de alertar para o risco de dependência do medicamento", diz o psiquiatra e pesquisador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Atenção ao Uso de Drogas, Jairo Werner.

A origem do problema pode estar na formação do médico, defende a maioria. "As escolas de medicina pouco abordam as questões do psiquismo humano e as drogas", afirma o psiquiatra da UNIFESP, Sérgio Blay, um dos autores da pesquisa sobre os psicotrópicos. Por trás da compulsão pelo remédios, podem estar dores psíquicas, a necessidade de luto, de entendimento das perdas, de orientação familiar, de diálogo. Mas os médicos ignoram tanto as causas latentes quanto a possibilidade de diagnósticos e tratamento dos males psíquicos. "Falta insistir no assunto em programas de educação continuada, congressos, encontros de especialidade", completa Sérgio Blay. "É preciso saber quando termina o papel do médico e quando começa o do psiquiatra", completa Jairo Werner.

As campanhas contra as drogas, na opinião dos psiquiatras, também são equivocadas. Nelas, estimatiza-se a imagem do jovem como viciado, enquanto os tranqüilizantes ou ansiolíticos como objeto de dependência e os idosos - seus principais usuários - sequer são citados. "Acredito que 10% dos dependentes químicos que atendo têm como objeto de vício as drogas legalizadas", afirma Werner. Nos casos mais graves, eles furtam receituários ou mesmo os próprios medicamentos dos hospitais. Nos mais brandos e, portanto, menos detectáveis, os dependentes sofrem a diminuição da capacidade de raciocínio, riscos de tontura e desmaio, perdas de memória e problemas de sono.

Além dos médicos, é preciso alertar a população sobre o uso de medicamentos sem a orientação médica. Muitos são os "amigos" que trocam remédios entre si. "Há uma banalização dos medicamentos, como solução imediata para os males", analisa Jairo Werner. Como explicava o site do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (CEBRID), que pertence à UNIFESP, a população valoriza o poder de cura dos medicamentos legalizados – ainda que existam restrições sobre a compra deles – e subestima as drogas ilegais. Como se as drogas pudessem ser separadas em categorias, boas ou más. Mas, o uso de cada medicamento pode pender para o bem ou para o mal, depende principalmente dos que as receitam e dos seus usuários. "O bom profissional é o que sabe e busca ajustar a dose para cada paciente", afirma José Carlos Galduroz, coordenador do CEBRID.


Recebido via e-mail do site http://maisde50.com.br/

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

É triste ir pela vida - Ruy Belo




É triste ir pela vida como quem
regressa
e entrar humildemente por engano pela morte dentro

Amor Eterno - Jeito Moleque (LETRA)




Quero Amor Eterno!...
Sabe, o meu coração
Guarda um tanto de amor
É o fruto do que você semeou
Você pode regar
Que o que der é só teu
Benza a Deus que você apareceu...
Tive um sonho ruim,
Vi você me deixar
Tava meio sem jeito de falar
Que bom poder desabafar...
Teu amor me mudou
Fez o homem que eu sou
Sabe dar tudo que eu quero
Você me trouxe a paz
Mal de amor nunca mais
Quero amor eterno...(2x)
Quero Amor Eterno!...
Sabe,o meu coração
Guarda um tanto de amor
É o fruto do que você semeou
Você pode regar
Que o que der é só teu
Benza a Deus que você apareceu...
Tive um sonho ruim,
Vi você me deixar
Tava meio sem jeito de falar
Que bom poder desabafar...
Teu amor me mudou
Fez o homem que eu sou
Sabe dar tudo que eu quero
Você me trouxe a paz
Mal de amor nunca mais

Quero amor eterno...(2x)
Quero Amor Eterno!...


Composição: Isabeh/ Valtinho Jota

Agradecimento ao site http://letras.terra.com.br/



Amor Eterno (PIADA...!!! Tem "disso"...?!...)



Um rapaz entra em um bar numa cidadezinha do interior e vê apenas um senhor já de idade no balcão e uma senhora bem velhinha na cozinha. Então ele pede ao senhor:
— Por favor... Será que o senhor poderia me servir um café?
— Com toda certeza, meu jovem — diz ele, enquanto se vira em direção à sua senhora e diz:
— Amor da minha vida! Traz um café aqui para o rapaz!
— Sem querer abusar o senhor pode me trazer umas rosquinhas também? — indaga o jovem.
— Prontamente! — responde o senhor, que novamente se vira em direção à sua mulher e pede:
— Razão da minha existência! Traz umas rosquinhas para o jovem! Impressionado com o atendimento do senhor o rapaz se sente à vontade e pede também um pedaço de bolo.
— Sem problema! — replica o senhor e novamente fala com a esposa: — Meu docinho de coco! Traz um pedaço de bolo para o jovem! Já sem o que dizer o rapaz não se agüenta de curiosidade e pergunta:
— O senhor é casado com esta senhora?
—Sou sim, meu rapaz... Há 50 anos!
— Caramba! 50 anos! E o senhor continua com todo esse amor e carinho por ela! "Meu amor", "razão da minha existência", "meu docinho de coco"! Que romantismo!
— Romantismo nada, rapaz! É que faz uns cinco anos que eu não lembro o nome dela.



Agradecimento ao site http://www.piadasdodia.com.br/

Rapaz expulso das aulas por ter «pêlos a mais na cara»



Mãe chocada com atitude da escola



Um adolescente de 15 anos foi expulso de uma aula e colocado numa sala sozinho durante dois dias por ter «pêlos a mais na cara», numa escola de Crosby, no Reino Unido, esta segunda-feira, conta o Daily Mail.
Sam Taubman ficou chocado com a regra que o estabelecimento de ensino garante sempre ter tido e a sua mãe, quando soube, ficou ainda mais furiosa.
«Fiquei chocada. Ele não tem quase nada na cara. Disseram-me que ele tem pêlos a mais», relatou Jacqueline Kent.
Apesar do choque inicial, o rapaz optou por começar a rapar os poucos pêlos que tem para evitar mais incidentes do género.



Agradecimento ao site http://www.tvi24.iol.pt/



Nota de 1lindomenino: Pêlos a mais na cara...?! Ainda se fosse "noutro lado" e ele os arrastasse pela sala de aula... rsrs

Cada "coisa" que "parecem duas"... mesmo no Reino Unido...!!!

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Maria João & Mário Laginha feat. Lenine - Flor

Maria João & Mário Laginha feat. Lenine - Flor Letra e Música: Maria João / Mário Laginha Realizado por Carlos Germano

Nota de 1lindomenino: um pouco da excelente música que se faz em PORTUGAL.

O elevado custo da desforra

PIOR que SHELLTOX... MATA TUDO...!!!

Mesmo que você não possa amar a seus inimigos, ame pelo menos a você mesmo. E use esse amor por você mesmo para não permitir que seus inimigos controlem a sua felicidade, a sua saúde e a sua vida. Quando você odeia seus inimigos, está dando a eles poder sobre você mesmo: sobre seu sono, seu apetite, sua pressão arterial, sua saúde, sua felicidade.
Passar dias e noites se preocupando em como desforrar-se deles, arquitetando vinganças mirabolantes, só faz mal a você mesmo.
O seu ódio não causa efeito a eles, mas faz com que seus dias e suas noites se transformem em verdadeiros infernos.
Um meio para acabar com esse sentimento ruim e devastador é perdoar seus inimigos e esquecê-los.
Para chegar a isso, passe a dedicar-se a alguma coisa infinitamente maior do que o mero desejo de vingança.
E, para cultivar uma atitude mental que traga paz e felicidade, lembre-se desse princípio: nunca procure vingar-se de seus inimigos porque, se o fizer, vai ferir mais a si mesmo do que a eles; não desperdice um minuto sequer falando ou pensando em pessoas que não o agradam.





Dale Carnegie, no livro "Como evitar preocupações e começar a viver"
Recebido via e-mail do site www.diabetenet.com.br

O velho diabético (PIADA, pq SER DIABÉTICO NÃO o É...!)


No meio de uma viagem, a aeromoça pergunta a um passageiro da 1ª classe: O senhor aceita um docinho?
Muito obrigado, eu sou diabético.
Que tal um suco de laranja?
Não, laranja tem açúcar e eu sou diabético.
Depois de ter oferecido tudo e ele nada aceitar ela avacalha: E o que o senhor acha de uma pinga?
Ele, sacando que ela estava curtindo com sua cara, respondeu: "Não, pinga vem da cana, cana tem açúcar e eu sou diabético.”
Sendo assim, de que forma eu poderia atendê-lo para o senhor sair satisfeito de nosso vôo?
Ele se ergue e fala no ouvido dela: Eu quero seu rabo.
Ela, com a maior cara de espanto, responde: "Mas o senhor é um velho muito atrevido, safado, vou contar ao comandante e ele tomará uma atitude!”
Ela foi na cabine de comando e reclamou: Comandante, aquele senhor da poltrona 2 disse que queria meu rabo! E eu fui gentil com ele, ofereci-lhe tudo que havia para comer. E agora, o que faremos com aquele filho da puta?
Bom, eu sugiro que você volte lá e dê seu rabo, afinal ele é o presidente desta companhia, é genioso e nosso emprego está em suas mãos, ou, melhor dizendo, no seu rabo.
E tanto o comandante como o co-piloto gritaram: "Confiamos em você!”
Ela voltou cabisbaixa e disse para o velho: Senhor, vamos lá pro fundo do avião que eu lhe darei o que me pediu.
E ele respondeu-lhe: Agora eu não quero mais.
Como? Eu faço questão de dar...
Agora é tarde. Você fez cú doce e eu sou diabéticO.



Agradecimento ao site http://www.mundodaspiadas.com/

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Roubou um banco e depois foi buscar filhas à escola

A mulher do "dois em um"... como o shampô... rsrs


Erica Fay Anderson, de 37 anos, foi detida depois de ter assaltado um banco em Grants Pass, no Oregon, Estados Unidos.




O curioso é que tudo aconteceu no caminho para ir buscar as filhas à escola. Juntamente com um cúmplice, entrou numa agência bancária, pediu o dinheiro e fugiu.
Segundo escreve o site brasileiro «Globo», Erica e o seu cúmplice foram vistos por algumas testemunhas que alertaram a polícia. Horas depois, quando já estava em casa com as menores, acabou por ser detida pela polícia. Entretanto, o seu «parceiro» do crime também já foi detido.








Nota de 1lindomenino: a vida é feita "à corrida mesmo"...!!! Como é que ela podia perder tempo e não aproveitar... nada...?! Assim é que é... !!!


BRAVO, Erica...!!!