POR UM PORTUGAL DIFERENTE

POR UM PORTUGAL DIFERENTE
ABRIL VIRÁ...!!!

EXPERIMENTE... VÁ ATÉ LÁ!

MUDAR...

Estrela - DestaquesNinguém pode ser escravo de sua identidade; quando surge uma possibilidade de mudança é preciso mudar. (Elliot Gould)

Frases e Mensagens -

NÃO HÁ ACORDO...!!!...

NÃO HÁ ACORDO...!!!...
... Português há só UM...!!!

TRADUÇÃO/TRANSLATE/TRADUCION

SEM IMITAÇÕES...

ACREDITE...

"Nunca faça graça de graça. Você é humorista, não político."

A Hora em Poá (BRASIL)

"Nada descreve melhor o caráter dos homens do que aquilo que eles acham ridículo."

VELHO PROVÉRBIO PORTUGUÊS

"Dois olhos vêem mais do que um só."
Veja Frases para Orkut - Kifrases.com

LOVE, love, LoVe

OvEr ThE RaInBoW

1lindoMENINO ...

Verdade, Verdadinha...!!!

zwani.com myspace graphic comments

1lindomenino

Menininhas e inhos venham a mim...

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "isto"... e MUITO MAIS...!!!

António GEDEÃO


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.GEDEÃO

SEJA ASSIM... COMO EU!

recadosparablogseorkut.com


Mais Um(a)...!!! OBRIGADO...!!!

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Alguns "testemunhos" de RAÚL BRANDÃO


Nenhum de nós sabe o que existe e o que não existe.

Vivemos de palavras.

Vamos até à cova com palavras.

Submetem-nos, subjugam-nos.

Pesam toneladas, têm a espessura de montanhas.

São as palavras que nos contêm, são as palavras que nos conduzem. Mas há momentos em que cada um redobra de proporções, há momentos em que a vida se me afigura iluminada por outra claridade.

Há momentos em que cada um grita:

- Eu não vivi! eu não vivi! eu não vivi!

- Há momentos em que deparamos com outra figura maior, que nos mete medo.

A vida é só isto?



Raúl Brandão


Agradecimento ao Site: http://www.pensador.info/

2 comentários:

  1. Em Húmus prevalece o conflito subjetivo entre a verdade e a convenção, configuradas, respectivamente, em termos heideggerianos, na existência autêntica e na existência inautêntica. “É nesta hora tremenda em que dás de cara com a vida postiça, em que reconheces que toda a tua vida foi um simulacro...” (BRANDÃO, s.d., p.121), que o homem de Húmus questiona o sentido da vida e da morte.

    O Húmus e o Existencialismo.
    Merece ser lido.

    Eu já o fiz há bastante tempo

    ResponderExcluir
  2. bom
    vai apagando os repetidos pq esta treta dá montes de erros

    ResponderExcluir

Deixe aquí o seu comentário