POR UM PORTUGAL DIFERENTE

POR UM PORTUGAL DIFERENTE
ABRIL VIRÁ...!!!

EXPERIMENTE... VÁ ATÉ LÁ!

MUDAR...

Estrela - DestaquesNinguém pode ser escravo de sua identidade; quando surge uma possibilidade de mudança é preciso mudar. (Elliot Gould)

Frases e Mensagens -

NÃO HÁ ACORDO...!!!...

NÃO HÁ ACORDO...!!!...
... Português há só UM...!!!

TRADUÇÃO/TRANSLATE/TRADUCION

SEM IMITAÇÕES...

ACREDITE...

"Nunca faça graça de graça. Você é humorista, não político."

A Hora em Poá (BRASIL)

"Nada descreve melhor o caráter dos homens do que aquilo que eles acham ridículo."

VELHO PROVÉRBIO PORTUGUÊS

"Dois olhos vêem mais do que um só."
Veja Frases para Orkut - Kifrases.com

LOVE, love, LoVe

OvEr ThE RaInBoW

1lindoMENINO ...

Verdade, Verdadinha...!!!

zwani.com myspace graphic comments

1lindomenino

Menininhas e inhos venham a mim...

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "isto"... e MUITO MAIS...!!!

António GEDEÃO


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.GEDEÃO

SEJA ASSIM... COMO EU!

recadosparablogseorkut.com


Mais Um(a)...!!! OBRIGADO...!!!

quarta-feira, 3 de março de 2010

McCann acreditam que esta pode ser Maddie

Nota: esta é a EXCENTE imagem da foto agora divulgada. Lembrar que a Maddie já foi vista, segunda a família, no Marrocos, na Holanda, na Espanha, no Chile, etc... !!!


Jornais britânicos divulgam imagem de videovigilância na Nova Zelândia





Uma imagem de videovigilância na Nova Zelândia com uma menina parecida com Madeleine McCann foi publicada esta quarta-feira por vários jornais britânicos como fazendo parte de um conjunto de pistas que a polícia portuguesa nunca terá investigado.

Vários jornais, entre os quais o The Sun e o Daily Mail , referem que as autoridades portuguesas possuem um arquivo de mais de duas mil páginas com informação recolhida desde o arquivamento da investigação, a Julho de 2008.

Entre as alegadas pistas estão testemunhos de avistamentos em Portugal, França e Espanha, que, segundo os jornais, não terão sido consideradas fiáveis pela polícia.

A existência da informação foi dada a conhecer durante o julgamento sobre a suspensão do livro do ex-inspector da Polícia Judiciária Gonçalo Amaral, mas só agora foi tornada pública.

Na altura, os pais de Madeleine pediram a realização de uma revisão de todas as pistas disponíveis, lamentando que muitos dados credíveis estivessem a ser arquivados sem serem devidamente investigados.

Esta quarta-feira, o porta-voz do casal, Clarence Mitchell, disse que Kate e Gerry McCann estão «chocados e aborrecidos» por as potenciais pistas só serem dadas a conhecer agora, cerca de 18 meses depois do arquivamento do processo, e que aparentemente a polícia não tenha feito nada para as seguir.

«É muito frustrante que a fotografia que os jornais mostram date de Dezembro de 2007 e só tenha saído esta quarta-feira», lamentou, em declarações à agência Lusa.

Mitchell adiantou que parte da informação foi providenciada pelos detectives privados contratados pelos McCann, mas que outra parte era desconhecida da investigação que os dois ex-polícias britânicos estão a levar a cabo.

«Todas as informações agora reveladas serão devidamente investigadas», prometeu.






Agradecimento ao site: http://www.tvi24.iol.pt/




Nota de 1lindomenino: deixo aquí, ao acaso, alguns comentários deixados por leitores sobre este artigo:


31Não eramos assim
José Alberto Malheiro Dias - 03 Mar 2010 16: 23

Hoje somos um povo apático. Trabalhamos e contentamo-nos com todas as decisões tomadas, mesmo aquelas que nos prejudicam gravemente, quer no presente quer no futuro.
Decididamente, não eramos assim. Não aceitavamos que nos mentissem e nos lesassem.
Vivemos em ditadura e mesmo assim havia aqueles que iam presos, como subversivos, porque se opunham a ela. Luava-se, e duma forma geral, contra o regime, contra a mentira e contra a repressão.
Após o 25 de Abril de 1974, ficamos como que adormecidos, deixando-nos embalar pelas bonitas palavras ditas em campanha e logo desmentidas na prática, mas estavamos como narcotizados. Estamos num estado de letargia e vivemos conformados. Não aceitavamos o crime nem pactuavamos com certas pessoas que viviam da e na mentira constante. Repudiavamos quem tratava mal os filhos e nunca aceitariamos que deles abusassem. Nem pensar em aceitar entre nós gente capaz de maltratar crianças inocentes, não caíamos no conto do vigário nem nos deixavamos levar por aparências.
Vivia-se uma sociedade mais sã e apesar de tratarmos bem os estrangeiros, não permitíamos que nos pusessem a pata em cima. Que nos aconteceu, que aceitamos que se passeiem impunemente entre nós pais degenerados que andam pelo mundo em constante rodopio, à custa de incautos, tentando fazer crer que nada sabem do que sucedeu a sua filha de quatro anos enquanto se divertiam?
Como pdemos consentir que em democracia proibam um livro dum inspector da PJ que, segundo o próprio, narra a verdade dos factos ocorridos no Algarve e, sempre segundo ele, a criança morreu devido à violência usada pelos pais contra ela?
Compreendo que os senhores jornalistas devem fazer o seu trabalho sem interferências, livremente, sem pressões nem repressões, mas compreendo também que nos caberia a todo nós, normalmente, além de os ler, apoiá-los na sua árdua tarefa de informar.
Mas devem compreender também que, como adultos e mentalmente sãos, de forma alguma poderemos acreditar em milagres, sobretudo o da ressuscitação daquela menina britãnica.
As autoridades portuguesas deveriam tomar as devidas precauções para que pessoas como estas não infestem a sociedaade nacional.

30Ja nao ha pachorra
Jose Silvestre - 03 Mar 2010 16: 20

Ja nao ha pachorra para tanta coisa,e certo que uma menina desapareceu e nao se sabe como nem porque!!Mas ha responssaveis concerteza, mas nao e a policia Portuguesa, querem mais responssaveis do-que os proprios Pais? eles ja deviam estar na jaula ha muito tempo,ja que mais nao fosse pelo facto de os terem deixado sozinhos e ainda por cima sem necessidade,talvez se estivessem na cadeia nao havia tanta especulacao,dizem que a policia e culpada? nao serao eles os maiores,sei que ja todos penssaram nessa ipotese mas nunca e demais lembra-la

29McCann
ROSA PIMENTA - 03 Mar 2010 15: 59

concordo com a postura da nossa policia, tudo fêz para resolver este mistério, que não está bem contado pela familia. Até quando isto vai continuar. Tudo isto aconteceu pelo desleixo da respectiva familia. Quando é que a policia inglesa vai incriminar esta familia?

28Concordo plenamente
Maria Monte - 03 Mar 2010 15: 58

Gostaria de dizer que concordo plenamente com o que aqui foi dito, principalmente o comentário da D. Fernanda (26). Já não há pachorra para o caso Maddie, uma criança inocente, vitima da negligencia dos pais... Enfim!!! Deixem a criança descansar em paz!


Enfim... nem preciso de dizer NADA...!!!

A questão de sempre: onde estás, Maddie...?!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aquí o seu comentário