POR UM PORTUGAL DIFERENTE

POR UM PORTUGAL DIFERENTE
ABRIL VIRÁ...!!!

EXPERIMENTE... VÁ ATÉ LÁ!

MUDAR...

Estrela - DestaquesNinguém pode ser escravo de sua identidade; quando surge uma possibilidade de mudança é preciso mudar. (Elliot Gould)

Frases e Mensagens -

NÃO HÁ ACORDO...!!!...

NÃO HÁ ACORDO...!!!...
... Português há só UM...!!!

TRADUÇÃO/TRANSLATE/TRADUCION

SEM IMITAÇÕES...

ACREDITE...

"Nunca faça graça de graça. Você é humorista, não político."

A Hora em Poá (BRASIL)

"Nada descreve melhor o caráter dos homens do que aquilo que eles acham ridículo."

VELHO PROVÉRBIO PORTUGUÊS

"Dois olhos vêem mais do que um só."
Veja Frases para Orkut - Kifrases.com

LOVE, love, LoVe

OvEr ThE RaInBoW

1lindoMENINO ...

Verdade, Verdadinha...!!!

zwani.com myspace graphic comments

1lindomenino

Menininhas e inhos venham a mim...

Posting

Photo Flipbook Slideshow Maker
PORTUGAL é "isto"... e MUITO MAIS...!!!

António GEDEÃO


Eu, quando choro, não choro eu. Chora aquilo que nos homens em todo o tempo sofreu. As lágrimas são as minhas mas o choro não é meu.A.GEDEÃO

SEJA ASSIM... COMO EU!

recadosparablogseorkut.com


Mais Um(a)...!!! OBRIGADO...!!!

sábado, 4 de setembro de 2010

Estava morta há 18 anos, mas foi chamada à tropa


Morreu à nascença, assim como o irmão gémeo. Mas agora o nome da menina consta do edital de convocação para o dia da Defesa Nacional




Nome de uma jovem de Chaves estava num edital que convocava os cidadãos para o dia da defesa nacional.

Em Seara Velha, no concelho de Chaves, o nome de uma jovem que morreu há 18 anos consta da lista de um edital referente à convocação dos cidadãos nascidos em 1992 para o dia da defesa nacional.

«Ficámos em estado de choque quando vimos o nome da nossa filha no edital», contaram à Lusa os pais da jovem, Maria do Carmo e Domingos Castro.

Maria do Carmo e Domingos Castro tiveram, há 18 anos, um rapaz e uma rapariga gémeos, mas morreram logo à nascença. Agora, e passados 18 anos, no edital da convocatória para o dia da defesa nacional está o nome da filha falecida, com a informação de que «terá» de se apresentar no Regimento de Infantaria 13, em Vila Real, no dia 23 de Março de 2011.

Na informação que consta no edital está o número de identificação militar, mas não o número de identificação civil. «O estranho é que está o nome da minha filha e não o do meu filho e eles morreram os dois no mesmo dia», referiu Domingos Castro.

«Não entendo como é que isto pode ser possível», acrescentou.

Quando saiu o edital, há cerca de duas semanas, foi um vizinho que avisou Domingos Castro da situação insólita. «Quando ele me contou, nem queria acreditar, pensei que estivesse a gozar comigo», frisou.




Agradecimento ao site http://www.tvi24.iol.pt/



Nota de 1lindomenino: senhor Domingos Castro > aceita uma "dica": corra atrás do ocorrido e verifique MESMO se a sua filha MORREU. Há tantos "casos" de mortos que "não morreram"; quem sabe se não será "mais um"...?!...

Portugal: um País onde o "possível" e o "impossível" acontece...!!!

Já agora: e que tal punir quem, ao longo do tempo, foi mantendo "viva"... uma "morta"...?! Impunidade SIM... mas NÃO TANTA...!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aquí o seu comentário